Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

● Delegados da PF estão com “extrema preocupação” – Há uma pressão política para tirar o Cardoso do Ministério da Justiça com a intensão de controlar as ações da PF

DELEGADOS DA PF TEMEM PERDA DE AUTONOMIA COM EVENTUAL SAÍDA DE CARDOZO
Os delegados da Polícia Federal manifestaram “extrema preocupação” com a saída do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do cargo, sobretudo, por temer que a mudança possa influenciar “a pouca, mas importante, autonomia” da PF. Em nota, a categoria destaca que “os delegados da Polícia Federal receberam com extrema preocupação a notícia da iminente saída do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em razões de pressões políticas para que controle os trabalhos da Polícia Federal” e “reiteram que defenderão a independência funcional para a livre condução da investigação criminal e adotarão todas as medidas para preservar a pouca, mas importante, autonomia que a instituição Polícia Federal conquistou”. Os delegados também ressaltam que, nesse cenário de grandes incertezas, “se torna urgente a inserção da autonomia funcional e financeira da PF no texto constitucional”. A nota é assinada pela Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, que ainda pede no documento “apoio do povo brasileiro para defender a Polícia Federal”. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo divulgou nesta segunda-feira, 29, a decisão de Cardozo de deixar o governo foi tomada neste domingo, 28. A amigos, ele confidenciou não suportar mais a pressão do PT, seu partido, agravada depois que a Operação Lava Jato, da Polícia Federal, passou a investigar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. (Estadão Conteúdo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.