Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

O mototaxista, pegou sua motoca e foi para a Igreja Matriz, chegando lá se ajoelhou aos pés de Nossa Senhora da Conceição e rezou três Pai Nosso e três Ave-marias e foi para sua casa, não conseguiu dormir a noite inteira, então mandou de manhã cedo este relado para o Blog publicar e pediu para não ser identificado.

LENDA URBANA - FINADO PEGA MOTOTAXISTA EM SANTARÉM - Faltavam poucos minutos para as 18:00h tarde de quarta feira 02 de novembro dia dos finados, feriado nacional, quando um passageiro sujo e com marcas de raladuras pelas pernas, deu a mão para um mototaxista clandestino em um bairro de Santarém, ele estava com uma caixa de velas em uma das mãos e disse ao mototaxista que iria ao cemitério no centro de Santarém para velar seu pai que lá está enterrado. Subiu na garupa da moto e logo o mototaxista sentiu um calafrio subindo pela espinha e indo até a ponta do nariz, acelerou sua motoca e chegando na frente do Cemitério se deparou com um senhor todo ensaguentado, como se estivesse sido acidentado naquele momento que dizia para o seu passageiro:"meu filho, estava lhe aguardando, ainda bem que você chegou...", foi que o mototaxista olhou para trás e percebeu que o capacete que estava com o seu cliente, já estava sobre o banco da moto, então escureceu sua vista num intervalo de segundos, pensava que iria desmaiar, mas ao firmar seu olhar para a capela do Cemitério viu apenas os dois, pai e filho entrarem na capela, ele ainda correu para cobrar pela corrida, mas os dois desapareceram... ao sair desesperado, encontrou um amigo e relatou o ocorrido, contou detalhes, como eram os dois e o amigo então lhe disse, que eram pai e filho, eles haviam morrido em uma rodovia de Santarém, atropelados por um carro em alta velocidade. O mototaxista, pegou sua motoca e foi para a Igreja Matriz, chegando lá se ajoelhou aos pés de Nossa Senhora da Conceição e rezou três Pai Nosso e três Ave-marias e foi para sua casa, não conseguiu dormir a noite inteira, então mandou de manhã cedo este relato para o Blog publicar e pediu para não ser identificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.