Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

● Von não reconhece que quebrou a prefeitura de Santarém - Normal, ele até hoje não sabe por que o povo judiou dele nas urnas...

● EX-PREFEITO VON NÃO RECONHECE QUE QUEBROU A PREFEITURA DE SANTARÉM, PUTITANGA! - O ex-prefeito de Santarém Alexandre Von PSDB, que fez a pior administração da história, não deixou uma obra de relevância para o povo, apenas passou quatro anos pintando beirada de calçada, onde raramente aparecia na prefeitura para trabalhar, recebeu a prefeitura com 9 mil funcionários, devolveu com 13 mil, recebeu o cofre da PMS com mais de R$ 150 milhões em convênios das mãos da prefeita Maria do Carmo e entregou para o Nélio Aguiar devendo mais de R$ 94 milhões, quando o novo prefeito abriu o cofre tinha apenas R$ 39 milhões para pagar a bagaceira feita por ele - Agora ninguém pode esperar do ex-prefeito Von que ele admita algum erro, para ele está tudo correto, ele é assim, seus chefes de gabinetes, secretários de governo, amigos do peito, puxa-sacos e outros fuxiqueiros, apontavam erros para ele, ele simplesmente ignorava, sempre foi assim, para ele tudo o que ele faz está correto, antão quebrar a prefeitura na cabeça dele está dentro da normalidade, só não para o povo que deu uma pisa nele nas urnas, putitanga!  Veja aqui a nota que ele escreveu 


NOTA DE ESCLARECIMENTO

O ex-prefeito Alexandre Von informa que não reconhece os números apresentados pelo prefeito Nélio Aguiar, em sua mensagem dirigida à Câmara Municipal de Santarém, na última segunda feira (16/01). Os valores de restos a pagar, bem como os valores dos recursos que ficaram disponíveis para o uso da atual gestão, serão apresentados, oficialmente, no balanço geral do exercício financeiro do ano de 2016 da gestão anterior, cujo prazo para conclusão e entrega do relatório ao Tribunal de Contas dos Municípios encerra no dia 31/03/2017.
A respeito de diminuição de gastos com pessoal, citada pelo prefeito Nélio Aguiar em sua mensagem, há que se considerar que não houve redução com a atual estrutura vigente em relação aos cargos de DAS. Enquanto que a última reforma da estrutura administrativa da gestão anterior, aprovada pela Lei 19.994 de 08/04/2016, com 13 secretarias, representava um valor máximo de R$ 1.043.700,00 mensal, a nova estrutura, aprovada pela Lei 20.121 de 20/12/2016, com 11 secretarias, representará um gasto mensal de R$ 1.165.400,00. Ao final de quatro anos da atual gestão, esta nova estrutura poderá representar um gasto adicional de mais de R$ 6 milhões aos cofres públicos.  
O ex-prefeito Alexandre Von reitera, também, que o Projeto de Lei que regulamenta a utilização das calçadas de Santarém, conforme Termo de Ajustamento de Conduta (TAC nº 001/2016 MP/11ª PJ/STM), firmado entre a Prefeitura de Santarém, Câmara de Vereadores, entidades de classe e o Ministério Público Estadual, foi protocolado na Câmara Municipal no dia 30/12/2016, portanto, ainda na gestão anterior.
O Projeto de Lei foi elaborado pelo Núcleo Técnico de Planejamento, em conjunto com a Procuradoria Geral do Município e recebeu significativa contribuição do Ministério Público Estadual, que acrescentou dispositivos baseados em leis federais que tratam da matéria. Cabe à Câmara Municipal promover o debate com a sociedade para aperfeiçoar a matéria em benefício da coletividade santarena.

Assessoria de Imprensa
Alexandre Von

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.