Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Para que culpar o político, injuriando a própria sorte, se com a chuva é ruim, sem ela o caso é de morte.

● TEMPO DE ALAGAÇÃO - Lá vem a chuva trazendo as águas corredeiras que invadem os quinteirais - Elas só correm em direção dos ribeirais - Lá vem as águas derramando lágrimas no caboclo alagadiço que perdeu tudo no vendaval - Lá vem a chuva do bem e do mal... para uns ela judia, leva tudo na maresia, para outros trás fartura, enche o rio até as alturas - O que fazer meu irmão? Se é tempo de alagação? Para a força da natureza não tem barraco, nem fortaleza, leva casebre de pobre e castelo de realeza - O homem vivi procurando culpado para a chuva torrencial, que tem a missão divina de matar a sede do matagal - O caboclo paciente espiando o chuvaral, aprende desde jitinho que existe uma saída, basta ele fazer sua casa no estilo palafita - Alaga no Japão, no Paraná, em São Paulo, em Santarém, em Petrópolis e até lá na Suíça - Só não alaga na Amazônia, na casa de palafita - Para que culpar o político, injuriando a própria sorte, se com a chuva é ruim, sem ela o caso é de morte. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.