Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 2 de abril de 2017

● Jovem que mergulhou no rio Tapajós na sexta (31), foi encontrado neste domingo (2) sem vida, no rio Amazonas

● JOVEM MERGULHOU NO TAPAJÓS E BOIOU SEM VIDA NO AMAZONAS - Flávio Vidal, jovem estudante tapajônico, amazônida de criação livre, como qualquer caboclo da Amazônia, que tem o rio como uma referência de vida e morte - de vida por suas águas abundantes que matam a nossa sede e nos trazem o alimento sagrado – de morte, porque o rio tem seus mistérios, guarda segredos, enigmas que os poetas vão decifrando, em versos lúdicos e sentimentais – O poeta tapajônico Wilmar Fonseca, imortalizou em seu poema: “Mergulhei já no Amazonas (Não me digas: tu blazonas) pra no Tapajós boiar...”  – Somos um povo ribeirinho que a beira dos rios nos rege para a vida, Flavinho inverteu o poema e mergulhou no Tapajós na sexta feira (31) ultimo dia do mês de março e foi encontrado boiando, sem vida nas águas do Amazonas, neste domingo (2) na comunidade de Ituqui, próximo a área urbana de Santarém, que Deus lhe garanta um lugar especial na sua casa celeste, era um jovem estudante da Amazônia, que o rio por razões que desconhecemos o levou para a eternidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.