Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 17 de abril de 2017

● Nesta segunda (17), faz um ano que deu uma leseira na cabeça do Cunha de cassar a Dilma - Só deu pro dele, a gerentona do Lula tá curtindo e ele tá no xilindró...rs!

● PAÍS GOLPEADO: RETROCESSOS MARCAM UM ANO DE ACEITAÇÃO DO IMPEACHMENT - O dia 17 de abril de 2016 entrará para a história como uma data controversa. Foi naquele domingo que a Câmara dos Deputados votou pelo prosseguimento do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), eleita em 2014 com 54,5 milhões de votos. Encorajado por uma série de manifestações populares fomentadas pela mídia tradicional, o plenário aprovou “por Deus, pela pátria e pela família”, o encaminhamento do processo para o Senado, após nove horas e 47 minutos de sessão. O motivo principal, mais que o suposto crime de responsabilidade do qual Dilma foi acusada, era levar ao poder um governo que aplicasse um pacote de retrocessos que jamais seria aprovado nas urnas, como defendem movimentos sociais e analistas. Pelas acusações, Dilma teria cometido crime de responsabilidade por ter assinado decretos de créditos suplementares e cometido as chamadas "pedaladas fiscais". O debate foi árduo, visto que as práticas foram utilizadas por governos anteriores, bem como por diferentes estados. Argumentos à parte, naquele 17 de abril os tais "crimes" foram pouco citados durante a sessão. LEIA MAIS AQUI 
  (Por Sarah Fernandes e Gabriel Valery, da Rede Brasil Atual)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.