Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 5 de abril de 2017

● O PSDB chama o PT para uma conversa de compadres... aí tem coisa, putitanga!

● FUNDAÇÕES LIGADAS A PT E PSDB ABREM DIÁLOGO INÉDITO - Em um movimento classificado como inédito por petistas e tucanos, dirigentes dos braços teóricos do PT e do PSDB se reunirão no próximo dia 18 na Fundação Perseu Abramo, em São Paulo, para um debate político. Partiu de Marcio Pochmann, presidente da Perseu Abramo, ligada ao PT, o convite para os Institutos Fernando Henrique Cardoso (IFHC) e Teotônio Vilela, ligados ao PSDB. A pauta será uma pesquisa qualitativa feita pela fundação entre ex-eleitores da sigla na periferia de São Paulo. O resultado mostrou que, para uma parcela deste segmento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o apresentador Silvio Santos e o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), têm perfis semelhantes. O significado do encontro, porém, é mais amplo. “Precisamos de uma agenda para deixar o Brasil mais contemporâneo. Um dos pontos convergentes pode ser a reforma política”, disse José Aníbal, presidente do Instituto Teotônio Vilela. Superintendente do IFHC, Sérgio Fausto minimiza o efeito político da iniciativa. “Li o estudo e aceitei o convite, mas represento uma fundação que não é partidária.” A reunião, porém, é feita em um momento de distensão política entre tucanos e petistas. Passada a polarização durante o impeachment de Dilma Rousseff, as duas siglas falam hoje em “salvar” a política e destravar o Brasil. Em entrevista recente ao Estado, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso falou sobre a dificuldade de diálogo com o PT em seus 8 anos de governo, contou sobre a boa relação pessoal que manteve com Lula e defendeu o diálogo entre as duas forças políticas, mas com uma ressalva: “Ou a conversa tem uma agenda e ela pode se tornar pública, ou vira um conchavo que morre na hora”. Segundo o tucano, um tema nacional é o sistema partidário que, de acordo com ele, não funciona. “Ninguém governa com tantos partidos. Quer discutir isso? Então, tem pauta.” (Estadão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.