Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 1 de abril de 2017

● Quem trabalha pelo povo Deus ajuda - Sede do Centro de Valorização à Vida foi uma batalha do ex-deputado Antônio Rocha

● POSTO SEDE DO CENTRO DE VALORIZAÇÃO À VIDA É INAUGURADO EM SANTARÉM - A verba para a construção do prédio é oriunda de uma emenda parlamentar de 2013, de autoria do então deputado estadual Antonio Rocha. A tarde desta terça-feira, 29/03, foi de realização de um sonho para fundadores e voluntários do Centro de Valorização à Vida no município. Após quase 16 anos de serviços prestados à sociedade santarena, foi inaugurado o posto sede do CVV. O presidente da Câmara de Santarém, vereador Antonio Rocha, representantes da prefeitura, coordenação do centro, além de voluntários e parceiros participaram da inauguração do posto, que é fruto de uma emenda parlamentar de 2013, de autoria do vereador, quando ainda ocupava o cargo de deputado estadual. "Eu me lembro muito bem de quando eu era deputado estadual e a Olga [Olga Ferreira, uma das fundadoras do CVV Santarém] veio me procurar para que eu ajudasse a conseguir um prédio próprio para que os voluntários continuassem salvando vidas. Hoje, quatro anos depois, eu tenho a felicidade de participar da concretização deste sonho". A emenda, no valor de 227 mil reais, financiou a construção do prédio que conta com sala de atendimento presencial, por telefone, dormitório, sala de treinamento, banheiros e cozinha. Atualmente o centro, que funciona 24 horas, conta com o apoio de 26 voluntários, mas para que o atendimento funcione em sua plenitude, é necessário que o número de voluntários chegue a 40. Durante a cerimônia de inauguração do espaço, o vereador Antonio Rocha, entre outros convidados, foram agraciados com o Certificado Amigo do CVV. Histórico do posto CVV Santarém - representado pela Associação Santarena de Apoio à Vida - ASSAV, instituição filantrópica, sem fins lucrativos, tem por objetivo principal salvar vidas, cuidar do dom mais precioso que o ser humano possui, chamado vida. Em atividade há quase 16 anos, o centro já atendeu milhares de pessoas que buscavam apoio emocional em momentos de desespero. Mensalmente, os voluntários atendem em média 1.300 pessoas, e para manter-se o CVV conta com a doação de voluntários e pessoas sensíveis à causa. (Poliane Guimarães - Assessoria de Imprensa - Vereador Antonio Rocha (PMDB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.