Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 31 de maio de 2017

● Pensata do Blog do Nelson Vinencci para o desabafo do Presidente da CODEC - Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará



● NÃO SR OLAVO, INVESTIMENTOS ESTÃO INDO EMBORA DO TAPAJÓS PARA O PARAZINHO, POR QUE LÁ NINGUÉM QUESTIONA NADA, ELES FAZEM O QUE QUEREM – Sobre o desabafo do presidente da CODEC - Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará, a nossa opinião é que há pontos a serem questionados sobre os investimentos que estão batendo em retirada da região do Tapajós rumo ao Parazinho - Sr Olavo, de certo modo você tem razão, quando diz que o povo santareno dificulta muito para investidores, acontece que a história da região é de exploração e não de parceria com a comunidade, temos como exemplo a MRN em Oriximiná que por mais de 30 anos explorando bauxita, lucros bilionários e o que ela deixou em contrapartida para o povo daquela região? Quase nada, vamos focar na Cargill aqui em Santarém, que se apossou da praia da Vera Paz, um patrimônio público de lazer com a conversa de gerar emprego e renda para o povo, mas quando a gente observa atentamente, gerou apenas o subemprego, a senhora que faz o cafezinho, a moça que passa o pano no chão da empresa e o vigia – A verdade é que o empresário quando vem investir aqui ele exige área documentada e legalizada, isenção de impostos, um monte de vantagens alegando que vai gerar emprego, mas quando a empresa começa a funcionar, o gerente vem de fora, trazendo seus agregados para ocuparem os melhores cargos, com centenas de advogados em Santarém, a empresa contrata uma banca em SP, sobrando apenas o trabalho barrela para a comunidade, esse tipo de exploração ninguém aceita mais Sr Olavo, o povo tapajônico não pode se ajoelhar para empresários ambiciosos, que só querem levar vantagem – Uma coisa tem de ser dita, nessas regiões que esses portos estão indo se instalar, ninguém questiona nada, o povo é ignorante, desinformado e manipulável, então realmente é vantagem para o empresário que ganha muito, e deixa muito pouco para a comunidade se instalar num local desse - Para finalizar Sr Olavo, todo santareno que vai para o poder aí no Parazinho, vira “burro encantado”, a bajulação que é marca do povo paraoara, e o deslumbre do poder, faz com que o caboclo que sai de Santarém para sentar-se a mesa de Simão Jatene, esqueça que ele deixou aqui nos últimos 7 anos, promessas como o porto, o centro de convenções, a reforma do estádio, as obras da Cosanpa, o ginásio poliesportivo, entre outras promessas que viraram mentiras, então dê um desconto para a nossa gente, pois há motivos de sobra para o nosso povo desconfiar quando se trata de promessas de desenvolvimento vindas da banda do parazinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar o que quiser, apenas com coerência e sem ataques pessoais.