Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 20 de abril de 2018

● Projeto "Arte do Carimbó" apresenta, neste sábado, show do grupo Tatu Kanastra e convidados - O carimbozal acontece no Malocão do Parque da Cidade, todos os sábados, à partir das 17h – Chegue cedo para celebrar o ritmo e a música de raiz do nosso povo.

● Ai meu santinho! O STJ decidiu que não pagar pensão alimentícia para ex-mulher ou ex-marido pode dar cadeia – O Brasil é verdadeiramente um país comunista, o Estado manda em tudo, até na ingrisilha de marido e mulher ele mete a colher.

● ASSIM É RALADO! Além do Von, Megale e Adnan, enganarem o eleitor de que entregaram seus cargos no Governo Jatene, mas que na verdade continuam na folha, o Repórter Diário diz que outra cambada não largou o osso nem pelo cacete e estão imitando os três mosqueteiros jatenistas.


Portanto, esta não é uma “razão” que redistribui dos ricos para os pobres, é a “corrupção da razão” que impede os pobres de ficarem ricos.

Os seres humanos têm apenas duas maneiras de lidar uns com os outros: por meio da razão e por meio da força.
Alienar-se da realidade e agarrar-se ao autoengano é um dos “direitos”, vamos dizer, sagrados dos seres humanos, e, diga-se de passagem, muito comum na seara da elite do funcionalismo público.
O problema é quando o “pêndulo do direito” extrapola demais para o “justiçamento social” e o “relativismo moral”, impostos pelos “guerreiros da justiça social”.
Ao passo que, no resto do mundo, o direito é um simples “método de solução de conflitos”, aqui no Brasil e mais precisamente em nossa região, a regra é criar mais conflitos por meio da “judicialização das relações sociais, trabalhistas e comerciais”. Algo que muitos até celebram, como se fosse algo “justo para todos”.
Deveria ser óbvio, mas o justo de uns, pode ser o injusto de outros.
Ademais, quando esse “justiçamento social” é imposto por “iluminados da razão” que dispõe em suas mãos uma “caneta mágica” – onde, segundo eles, é capaz de garantir direitos e redistribuir riquezas as minorias – o direito individual fica cada vez mais distante.
Entretanto, garantia de direitos eles podem até assegurar com uma “canetada” em um pedaço de papel. Contudo, criar, fomentar, estimular e “manter” a geração de empregos e renda, só os meios privados de produção econômica podem fazer.
Nem políticos, muito menos burocratas do funcionalismo público podem fazê-lo. Sua caneta mágica apenas cria despesas, e o pior, sem assegurar de onde virá o recurso para mantê-lo. Assim como o tal justiçamento social, que nada mais é do que algo que já foi tirado de alguém anteriormente.
Não se fala aqui de um perigo remoto. Essa inversão de papéis tem sido vista em nossa cidade com espantosa frequência, tão habitual que já não provoca reação na população. Assume-se como coisa normal, o que confere mais gravidade ao assunto.
É o que estamos vendo há anos em nossa região, onde empreendimentos capazes de criar empregos e renda, estão sendo expulsos, criminalizados e boicotados precocemente.
É a “estatização da geração de empregos”, onde burocratas, em nome de “sua realidade”, controlam a oferta de empregos, sem ao menos se preocupar com a demanda dos desempregados!
A cidade ou região que adota um sistema de “justiça social” como base para geração de empregos, mais preocupado com “fauna e flora” do que com a liberdade individual de sua população, se afunda em uma armadilha econômica e social da qual é difícil sair.
A liberdade individual só pode existir em um contexto de livre mercado. A ascensão econômica de uma população prospera onde há empreendedorismo, e entra em queda em economias reguladas por agentes públicos e sua “justiça social”.
Quanto mais o estado se expande e assume o controle (mesmo que apenas regulatório) de vários setores da sociedade, mais a liberdade (empreendedorial e social) do indivíduo encolhe.
Enquanto “justiceiros sociais” alegam o “cumprimento” das leis para judicializar empreendimentos em busca de sua “saga social”, mais a população que eles “juram” proteger, são privadas de um bem básico que dignifica qualquer ser humano (minoria ou maioria), que é o “emprego”, e o direito de ter sua renda própria para dar o sustento de sua família.
Quando os justiceiros sociais brincam de garantir direitos em seu “mundo paralelo”, empresas como a Buruti, o Porto da Embraps e tantas outras que realmente garantiriam uma melhor qualidade de vida para a população no “mundo real” onde o resto de nós vivemos, estão paralisadas, judicializadas, graças a “boa vontade” dos justiceiros sociais e suas “canetas mágicas”.
Portanto, esta não é uma “razão” que redistribui dos ricos para os pobres, é a “corrupção da razão” que impede os pobres de ficarem ricos. (Fonte: RG 15/O Impacto)

● Mundica dá adeus a Ufopa, novo reitor prometeu arrocho, juquira com sustentabilidade, vamos aguardar!

● NOVO REITOR PROMETEU FAZER UMA GESTÃO SUSTENTÁVEL NA UFOPA, ECONOMIZAR PAPEL, ENERGIA, ÁGUA, FAZER MAIS COM MENOS – O presidente Michel Temer deu posse ao novo Reitor da Universidade Federal do Oeste do Pará UFOPA, nesta quinta (19) conforme foi publicado no DOU – Diário Oficial da União, Hugo Alex Carneiro Diniz propôs mudanças radicais em sua gestão, entrevistado na TV Globo local em novembro de 2017, ele deixou bem claro como pretende administrar a maior universidade pública do Oeste do Pará: “Precisamos de uma universidade que esteja preocupada com a sustentabilidade, no sentido de nós termos uma política de economia de energia, de economia de papel, economia de água, e tudo isso nessa gama de ações. A intenção é fazer mais com menos, que é o que todas as instituições brasileiras estão fazendo nesse exato momento" – A Profa. Dra. Raimunda Nonata Monteiro, foi nomeada Reitora pela Presidenta da República da época, Dilma Rousseff, em 2014, ela agora passa o comando ao novo Reitor, desejamos que o Hugo Diniz cumpra o que prometeu e que sua gestão seja de muito sucesso. 

quinta-feira, 19 de abril de 2018

● Temos que respeitar o Vice prefeito de Curuá Cícero Bezerra, o Xuxa do PT, que tem sido incansável em batalhar por investimentos federais em Brasília para o seu município – Xuxa é suprapartidário, apesar de ser do PT, humildemente bate na porta de todos os partidos levando as reivindicações do povo de Curuá – Ele foi até o Senador Flexa Ribeiro PSDB que o recebeu muito bem, veja o vídeo.

● Juca Kfouri se emociona e não consegue continuar a entrevista com o jurista Pedro Serrano – O papo é sobre o pau-de-arara do Lula, putitanga!


3

A Lava Jato traçou a linha entre o que é política e o que é bandidagem...

Assim como a prisão do ex-presidente Lula, Aécio Neves agora réu no Supremo Tribunal Federal é um acontecimento político de importância muito maior do que o destino reservado ao agente político, ao indivíduo. O episódio do senador tucano que passou de quase presidente para candidato a presidiário oferece uma boa leitura do momento político brasileiro.

Não estou falando aqui de quem está dentro da Lava Jato nem das consequências para as diversas agremiações políticas e como se movimentam visando às próximas eleições. O caso Aécio virou uma bem acabada expressão do que é a falência política brasileira.

Pois quatro dos cinco ministros que aceitaram a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) tornaram o senador réu por obstrução da Justiça (além de corrupção passiva), isto é, por tentar atrapalhar a Operação Lava Jato. Aécio teria praticado esse crime, segundo a acusação, utilizando-se da sua atividade como parlamentar para discutir, entre outras coisas, projetos de lei como o que previa punição a agentes públicos por abuso de autoridade.

Não vou entrar no mérito da acusação nem nas alegações da defesa do senador. O que me interessa aqui é registrar um fato que me parece de vital importância para a política brasileira. Onde está a linha que divide a atividade do parlamentar (que inclui, claro, discutir projetos como abuso de autoridade) e a pura e simples bandidagem? Mais ainda: quem traça essa linha e decide se uma articulação política no parlamento passou a ser uma articulação para proteger políticos do alcance da Justiça?

No atual momento político brasileiro, não importa se a gente gosta ou não do que está acontecendo, as respostas a essas duas perguntas são evidentes. Procuradores, delegados, juízes e, agora, também ministros do Supremo leram História (ou saíram atrás de quem leu o que aconteceu na Itália) e estão convencidos de que políticos, deixados entregues a si próprios, vão se articular para defender apenas seus próprios interesses, sobretudo os interesses espúrios. E decidiram eles mesmos, os integrantes da Lava Jato, traçar a linha entre o que é política e o que é bandidagem. Traçado que interpretam como julgam necessário.

Reitero aqui a inutilidade, neste momento, de se estabelecer quem domina a objetividade dos fatos, se é a acusação que está com a “verdade” ou se é a defesa no caso do senador. Fato, em política, costuma em geral ser a percepção que se faz de um “fato”, e a percepção que tomou conta do momento brasileiro, e desfruta de extraordinária popularidade, é a que está contida na denúncia da Procuradoria-Geral da República: políticos não prestam, política é coisa suja e, mesmo quando parlamentares parecem estar discutindo projetos “sérios” (como o do abuso de autoridade), estão, no fundo, apenas se protegendo.

O fato dessa narrativa acima ter se tornado tão abrangente (talvez Gramsci a tratasse como “bloco histórico”) explica em parte a pobreza do atual debate político no Brasil, subordinado ao tema do combate à corrupção. Claro que combater a corrupção é essencial em qualquer parte e a qualquer momento. A falência da política brasileira está em não ter sido capaz, também por falta de lideranças, de desenvolver qualquer outro eixo relevante de debate.

Vamos aplaudir a prisão de Lula e outros, eventualmente de Aécio e outros, o que nos orgulha e enche de esperanças. E vamos continuar nos perguntando por que as coisas mudam tão pouco.

● Alô meu irmão de boteco, vamos dividir o táxi - Motorista bêbado que causar acidente com vítima agora tem pena maior - Com mudança na lei, delegado não poderá mais determinar fiança nesse caso. Código de Trânsito também passa a incluir 'cavalo de pau' e outras manobras radicais entre crimes.

● Ingrisilha no ninho tucano – O Repórter Diário diz que velhos tucanos paraoaras ainda não engoliram o candidato do Governador, o espoca-urna Márcio Miranda - Tá no ingrisilhento jornal do Parazinho.


● O Governo Nélio Aguiar entrega a população o Centro Municipal de Educação Infantil do bairro de São Cristóvão - Uma estrutura arrojada, com salas bem projetadas e equipadas que deverão atender 120 crianças na educação parcial e 60 em regime integral - O aluno entra de manhã no Centro e só sai no horário da tarde, um grande avanço para a comunidade santarena.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

● Prefeito de Oriximiná Ludugero Tavares faz caminhada em homenagem ao Dia do Índio, nossos irmãos de sangue que merece respeito e dignidade – O município realiza diversos eventos alusivos, para comemorar o Dia do Índio, povo tradicional que nos orgulha muito de fazer parte das nossas raízes.

● Cuba celebra o fim da dinastia Castro - O sucessor é Miguel Díaz-Canel, de 57 anos, e será nomeado nesta quinta 19 de abril, pela Assembleia Nacional, virando uma página de quase seis décadas dos Castro no poder cubano.

● Entenda por que o vereador santareno Mano Dadai e sua esposa Patrícia Gonçalves, foram presos nesta quarta feira (18) pela Operação Perfuga – Foi devido a delação premiada do ex-vereador Reginaldo Campos que levou a Justiça a decretar a prisão do casal - Seus advogados estão tomando ciência das denuncias para prepararem suas defesas.


● Cientista político diz que Temer é pilha fraca, mas que Barbosa vem com a 'mulestia' para ganhar a eleição

● CONSULTOR DE TEMER VÊ PRESIDENTE FORA DA ELEIÇÃO E BARBOSA FORTE - Consultor amigo do presidente Michel Temer, o cientista político Gaudêncio Torquato não acredita que a candidatura à reeleição do emedebista vai até o fim. “Não acredito que Michel e Rodrigo Maia (presidente da Câmara e deputado do DEM) serão candidatos. O centro e a direita terão que se integrar na campanha, e o candidato mais forte hoje desse campo é o Geraldo Alckmin” , disse Torquato ao Broadcast/Estadão. Segundo o consultor, que integra o seleto time de conselheiros de Temer, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, que filiou-se ao PSB, surge como um nome “muito forte na disputa. “Ciro, Marina e Barbosa são três perfis que estão crescendo. Pelo perfil e origem, margens, Barbosa é um nome muito forte”, disse Torquato. O consultor está em Recife no Fórum Empresarial, evento do Lide com empresários e políticos que vai até sábado. (Estadão)

● Repórter Diário jura de pés juntos que engatou capim na hélice - O Megale não vai mais ser o vice na chapa do Márcio Miranda, quem tomou o lugar dele foi o Xerife de Paragobala Adnan Demachki, guru de Simão Jatene.


● MPE e Polícia Civil fazem operação contra superfaturamento em obras do governo do Amazonas - A ex-secretária de infraestrutura do Estado, Waldívia Alencar, foi presa na manhã desta quarta-feira (18), na residência onde mora, no condomínio de luxo Ephigênio Salles, bairro Aleixo.

● Advogada esclarece sobre ampliação da Licença Maternidade – Veja o que diz a advogada Luana Viana sobre esse direito fundamental das mães que batalham e hoje devem estar por dentro sobre as novas regras da licença a maternidade.

terça-feira, 17 de abril de 2018

● Após virar réu da Lava Jato com a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitando as denúncias de corrupção passiva e obstrução de Justiça, o senador Aécio Neves PSDB-MG, em entrevista no Senado no início da noite desta terça(17), disse que provara a "absoluta legalidade e correção" dos seus atos.


● Entenda qual é o argumento principal da defesa de Aécio Neves, que vai ser analisado agora pelo STF, que o povo brasileiro foi privado de assistir ao vivo, a tese pode livrar o tucano da denúncia por corrupção passiva e obstrução de Justiça recebida pela 1ª Turma do STF por cinco votos a zero nesta terça (17)


● Em sessão secreta, por unanimidade 1ª Turma do STF aceitou as duas denúncias contra o tucano queridinho dos coxinhas - Agora ele é réu da Lava Jato.

● SECRETAMENTE AÉCIO NEVES VIRA RÉU EM DOIS PROCESSOS PELA 1ª TURMA DO SUPREMO - A denúncia contra Aécio Neves por corrupção passiva é recebida pela 1ª Turma do STF por 5 votos a 0 e o senador e ex-candidato a presidente pelo PSDB, torna-se réu na Lava Jato. Aécio vai responder por corrupção passiva e obstrução da Justiça - Agora réu nos dois processos na Lava Jato, Aécio Neves dará entrevista coletiva nesta tarde de terça (17) no Senado, em Brasília. (Com informações do Estadão)

● Acabou o velho 'bandeco' no Hospital Municipal de Santarém, agora a cozinha é top de linha.

● PADRÃO NOVO, QUALIDADE E SERVIÇO EFICIENTE É A MISSÃO DO IPG - ORGANIZAÇÃO SOCIAL QUE ADMINISTRA O HOSPITAL MUNICIPAL DE SANTARÉM – As ações do Instituto Pan-americano de Gestão que assumiu o Hospital Municipal de Santarém, está mudando para melhor e vencendo a velha problemática que por muitos anos habitaram dentro da mais importante instituição de saúde do Baixo Amazonas – Reorganizando o atendimento, a questão da falta de medicamentos está sendo minuciosamente estudada para dar um basta nisso, além do principal que é a questão básica da famosa “comida de hospital” tão mal falada, hoje as condições da cozinha e do refeitório já estão no nível dos melhores hospitais do Brasil, com higiene e limpeza, além da comida gostosa que o novo cardápio contempla – Antes era servido no sujo ‘bandeco’ que corria pelos corredores do HM, no risco de uma contaminação, agora as refeições são servidas lacradas e bem acondicionadas para garantir o frescor e qualidade, evitando qualquer tipo de contaminação – Quem ganha com isso é a população, ainda há gente reclamando, mas um levantamento interno e sigiloso feito pela O.S. que vazou para o Blog, apurou que 90% dos reclamantes são as pessoas que vem de outras cidades, eles não recebem atendimento nenhum em seus domicílios, mas são muito exigentes com o atendimento em Santarém – Vamos informando a população sempre que houver novidades. 

● AGORA VAI! STF julga denúncia contra Aécio Neves nesta terça (17) - Senador do PSDB é acusado de corrupção passiva e obstrução de justiça - Procuradora-Geral da República reforçou a acusação nesta segunda (16) – Dodge afirma que as provas são verdadeiras – Tá mais que na hora desse mineirinho ir para Curitiba né...

● ARENGA - Silvio Santos arengou e fez piada sobre seu novo concorrente: o apresentador José Luiz Datena, que estreia na TV um programa domingueiro no próximo dia (29). Em determinado momento, Lívia Andrade questionou o apresentador sobre o motivo pelo qual Datena não poderia colocar o filho no lugar dele, sendo que o próprio Silvio já colocou suas filhas para apresentar programas, o Dono do Baú “datonou”, rs!


segunda-feira, 16 de abril de 2018

● Preocupados com o dia de amanhã, Senadores vão conhecer a cela do Lula, para ver se está tudo nos trinques... Putitanga!

● JUÍZA AUTORIZA SENADORES A FISCALIZAREM CONDIÇÕES DA CELA DE LULA EM CURITIBA - A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, autorizou fiscalização da Comissão de Direitos Humanos do Senado sobre as condições da ‘Sala Especial’ em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está encarcerado para cumprimento da pena de 12 anos e um mês no caso triplex. “Embora não tenha chegado ao conhecimento deste Juízo qualquer informação de violação a direitos de pessoas custodiadas na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, já dotadas de defesas técnicas constituídas, tampouco tenha sido expressa no ofício a motivação da aprovação da diligência, dê-se, desde logo, ciência à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba e ao Ministério Público Federal”, anotou. Os parlamentares aprovaram a diligência no dia 11 de abril. O requerimento foi proposto pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Durante a votação, não havia nenhum parlamentar situacionista. A comitiva deve ser integrada pela autora do requerimento e também por Gleisi Hoffmann (PT-PR), Ângela Portela (PDT-RR), Fatima Bezerra (PT-RN), Telmário Mota (PDT-RR), Paulo Paim (PT-RS), Lindbergh Farias (PT-RJ), Jorge Viana (PT-AC) e Paulo Rocha (PT-PA). (Estadão Conteúdo)

● Quase batido o martelo - Zequinha Marinho PSC e Paulo Rocha PT, devem apoiar Helder barbalho MDB ao governo do Pará.

● QUASE BATIDO O MARTELO – PSC E PT VÃO CAMINHAR JUNTOS COM O MDB NO PARÁ – ZEQUINHA E PAULO DEVEM FECHAR COM O HELDER – A costura está feita, o vice-governador Zequinha Marinho PSC e o Senador da República Paulo Rocha PT estão com o Helder, Zequinha quer o apoio do MDB para a campanha dele ao senado, ele sabe que o Jatene vai jogar pesado contra ele, já o Paulo, após uma avaliação do jogo e da corrida pelo trono de Jatene, está sendo cogitado para ser o vice do Helder – Paulo pensa em abrir a vaga do senado, que ele ainda tem por quatro anos, para o companheiro Valdir Ganzer que é militante histórico do PT - Não se engane não, todas as avaliações em relação a disputa pelo Governo do Pará, estão polarizadas entre Helder Barbalho MDB e o Márcio Miranda DEM, que é o candidato do governador Jatene, o que os participantes desse jogo estão percebendo é que do lado tucano, há uma cabeça de burro enterrada na sucessão de Jatene, a coisa por lá não decola, então o tempo está correndo e a gente sabe que, numa situação dessas, a turma desembarca de um lado e corre para o outro, a conversa é de que o Jader vem para deputado federal, abrindo a vaga do senado para o Zequinha, traz o Mário Couto para perto disputando colado a vaga do senador com o tucano Flexa Ribeiro que busca a reeleição - Vamos aguardar!

● História fantástica – Viva o talento nordestino brasileiro - A paraibana Eduarda Brasil venceu o The Voice Kids com forró de sua terra - Eduarda é da quinta geração de músicos da família - Do dia para a noite, Eduarda ganhou mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais e quase uma centena de fãs clubes.

● Putitanga! Bolsonaro muda radicalmente o discurso de cabra macho valente e admite que quem manda na casa dele é a mulher, aliás, são as mulheres – Uma estratégia para ganhar a eleição, amolecer o discurso, orientado por marqueteiro, o deputado fala agora que nem petista, respeita os negros, ama os gays, mas continua com a bobagem contra a urna eletrônica, insiste no voto de papel, como se não fosse possível fraudar uma urna de lona.


sábado, 14 de abril de 2018

● Educação é prioridade - Vice prefeito de Curuá batalhou na SEDUC e conseguiu a reforma da Escola Estadual Soraia Marques Chayb.

● TRABALHANDO MUITO - VICE-PREFEITO DE CURUÁ CONSEGUIU NA SEDUC A REFORMA DA ESCOLA ESTADUAL SORAIA MARQUES CHAYB – Parece um sonho, o vice-prefeito de Curuá Cícero Bezerra (Xuxa) sacramentou com a Diretoria de Recursos Técnicos e Imobiliários – DRTI, a reforma tão sonhada da Escola Estadual Soraia Marques Chayb na sede do município – O diretor da DRTI José Ângelo Souza Miranda, garantiu o montante de R$ 1.300 milhão dentro do convênio do Programa Estadual Municípios Sustentáveis - Cabe agora aos técnicos da prefeitura de Curuá, a apresentação do projeto de reforma e a documentação legal, para que no máximo em julho saia a primeira parcela do convênio – É para se comemorar, zelar pela educação é parte do compromisso assumido pela administração Zé da Marta com o povo de Curuá.

● Entenda por que Raquel Dodge denunciou Bolsonaro e o seu filho – As acusações são graves, do crime de racismo que é inafiançável e a pena é de 1 a 3 anos de prisão e uma multa mínima de R$ 400 mil reais por danos moraes coletivos - Para o filho Eduardo a pena é de 1 a 6 meses de prisão que pode ser convertida em medidas alternativas.

● Brasileiro tem de ser estudado pela Nasa, essa cidadão fala tudo, a mais pura verdade, somos um povo que repudiamos a corrupção, mas se der para levar vantagem, não pensamos duas vezes, como vamos mudar o nosso país se não mudarmos a nossa postura?


O importante é que hoje o Hospital Municipal de Santarém está em um novo momento e que já é perceptível que o atendimento melhorou e muito.

● O BLOG PERGUNTOU PARA PESSOAS QUE TRABALHAM NO ENTORNO DO HOSPITAL MUNICIPAL DE SANTARÉM: “MELHOROU O ATENDIMENTO, OU TÁ PIOR?” -  Por unanimidade, a resposta foi que melhorou muito o atendimento depois que o Instituto Panamericano de Gestão (IPG) assumiu o Hospital Municipal em Santarém - Falamos com comerciantes que atendem os parentes de pacientes na Presidente Vargas e na Marechal Rondon, todos dizem que agora o atendimento é profissional, acabou a bagunça de gente transitando de um lado para outro, de funcionários preguiçosos que enrolavam, que atendiam mal, isso é coisa do passado, e todos dizem que vai melhorar ainda mais – Uma história curiosa foi contada por um mototaxista sobre uma senhora de meia idade que ele trouxe de um bairro para o Hospital Municipal, ela dizia que estava se sentindo mal, daí ao chegar no HMS exigiu prioridade, que o caso dela era grave, que ela queria falar com um médico, prontamente o médico permitiu que ela furasse a fila e mandou logo a enfermeira medir a pressão e fazer o teste do açúcar no sangue na mulher, mas estava tudo bacana, a mulher com saúde de moleque danado, mas ela insistia que estava doente, então o médico após examinar disse a ela: __A senhora está muito bem, sua pressão é de bebê, sua glicose controlada e muito bem fisicamente... Mas a mulher insistiu: __Tô nada, eu sonhei ontem a noite que eu tinha um câncer, que eu ia morrer... O médico então disse que não poderia fazer nada, pois era um sonho, e sonho pode se realizar ou não, a mulher saiu soltando os cachorros pelo corredor, com a macaca, voltou com o mototaxista e reclamando que ia no Rota 5 denunciar, foi que o rapaz da moto perguntou para a enjoada: __A senhora jantou o que ontem a noite? A mulher respondeu na bucha: __Jantei meia banda de porco assado, só com farinha, o toicinho tava muito bom, e uma coca-litro, foi só isso, por que? O mototaxi respondeu: __Olhe, quem enche o bucho de noite, de madrugada sonha com o diabo, com a morte... a mulher calou a boca não deu mais um piu – Veja só, são muitas pessoas que vivem enchendo o saco nos hospitais, a maioria das vezes não estão doentes, mas só para aporrinhar os profissionais de saúde – O importante é que hoje o Hospital Municipal de Santarém está em um novo momento e que já é perceptível que o atendimento melhorou e muito.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

● A OS que administra o Hospital Municipal de Santarém, está implementando um novo serviço de atendimento – Está em fase de teste, uma van para levar pessoas que precisam de pequenos procedimentos médicos do HMS para a UPA 24 hora - Esse serviço tem como objetivo diminuir a fila de espera no Hospital e dar mais comodidade aos usuários.


● Brasil volta a ter uma mulher na presidência - Cármen Lúcia assumiu nesta sexta (13) a cadeira do Vampirão que foi bem ali no Peru tirar onda de bacana.

● COM VIAGEM DE TEMER, CÁRMEN LÚCIA ASSUME A PRESIDÊNCIA - Pela segunda vez na história do Brasil, uma mulher presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) assume interinamente a Presidência da República. Cármen Lúcia ocupa o posto nesta sexta (13), após o presidente Michel Temer deixar o espaço aéreo brasileiro em viagem para Lima, no Peru, para participar da 8ª Cúpula das Américas. Temer embarcou para a capital peruana às 11h. A primeira presidente do STF a assumir o cargo foi a ex-ministra do STF Ellen Gracie, em maio de 2006, quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajou à Argentina acompanhado das três autoridades que, na época, estavam em sua linha sucessória: o vice-presidente José Alencar; os então presidentes da Câmara, Aldo Rebelo (SD-SP), e do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL). (Estadão)


● O Ministro Marco Aurélio vai colocar as denúncias contra Aécio Neves em análise no STF na terça (17) pela 3ª Turma – Entre as denúncias tem uma de R$ 2 milhões de propina da JBS – Como é apenas a análise da denúncia, o mineirinho tucano tá tranquilo.

● AGORA É HELDER! Disse o Prefeito de Santarém para o jornal mais lido disparado no Baixo Amazonas.

● NÉLIO AGUIAR: “NOSSO COMPROMISSO EM SANTARÉM É COM HELDER BARBALHO” - Prefeito afirma que o DEM em nosso Município vai apoiar Helder Barbalho ao governo do Estado - A convite do jornalista Osvaldo de Andrade, o prefeito Nélio Aguiar, cedeu entrevista ao jornal O Impacto e falou sobre as eleições de outubro, para Presidente, Senador, Governador e deputados Estadual e Federal. Nélio é filiado ao DEM, mas um dos maiores aliados do ex-ministro Helder Barbalho, que pertence à sigla do MDB e que é pré-candidato ao governo do estado do Pará, sendo que o deputado estadual Márcio Miranda, que é do DEM, também é pré-candidato ao Governo do Estado. Ao ser questionado por nossa reportagem, como o Prefeito político irá administrar essa situação, Nélio Aguiar respondeu:

● “Nós trabalhamos a política de forma séria, em cima de compromissos. Fizemos um compromisso em 2016, quando o DEM resolveu apoiar a candidatura do Nélio em Santarém, nós assumimos um compromisso com o presidente da Assembleia, deputado estadual Márcio Miranda, do qual sou amigo pessoal, nós fomos colegas na assembleia, fui Deputado junto com ele, votei no Márcio para presidente da Assembleia na sua primeira eleição. Não temos nada contra ele, mas o Márcio nos chamou para uma conversa dizendo que ele seria candidato ao Senado na eleição de 2018. Perfeitamente, nós assumimos esse compromisso com o Márcio e numa tratativa com o ministro Helder Barbalho e com o MDB, que faz parte do Governo, que faz parte da nossa coligação e que ajudou a eleger o Nélio como prefeito de Santarém em primeiro turno com mais de 96 mil votos, 55% dos votos do eleitorado santareno. Ele manifestou que o projeto do MDB era Helder Barbalho Governador, então, o que aconteceu com a dinâmica da política foi que de repente o Márcio, com apoio do atual governador Simão Jatene e do PSDB, mudou o projeto de Senador para Governador. Eu conversei com ele, e é algo que ele compreende porque no momento em que ele mudou o projeto, mudou o compromisso que a gente fez e fica difícil desfazer esse compromisso com o Helder, até porque ele tem sido um grande parceiro de Santarém, tem colocado muitos recursos, só para a orla foi R$ 72 milhões, além de outros recursos que ele vem atendendo, inclusive vários projetos de pavimentação de ruas. Então, de fato ele tem nos ajudado muito. Seria uma covardia e uma ingratidão muito grande com ele e, nós não temos condições nenhuma de não cumprir esse compromisso que assumimos. O próprio Márcio Miranda tem compreendido isso. A gente não tem como atender dois senhores ao mesmo tempo”, disse Nélio Aguiar.
Neste caso, no palanque durante a campanha, Nélio Aguiar estará junto com o Helder? Perguntamos.

● “Se as convenções partidárias definirem que o Márcio Miranda será candidato a Governador e o Helder Barbalho também, consolidando isso, estaremos no palanque do Helder, porque este é o nosso compromisso. Desde o começo o partido sabe disso em relação ao nosso compromisso, o Márcio tem conhecimento desde o início, o próprio governador Jatene já nos questionou, perguntou se eu tinha algum compromisso com o Helder e eu respondi que temos. Nós fazemos uma política na base da franqueza e da sinceridade, inclusive até me criticaram, ‘mas poxa, tu foste dizer isso para o Governador. Ele não vai ajudar Santarém’. Eu respondi, que estou administrando Santarém, mas o povo de Santarém que é o mais importante. Ele, como Governador, tem que ajudar o povo de Santarém. Eu acredito que o Jatene não vai fazer retaliação em cima disso. Como eu vou me atrever a enganar o Simão Jatene, o homem já foi três vezes Governador do Estado. Com toda essa experiência dele, você acha que eu teria petulância de chegar lá e fazer um “H” com o Governador, mentir para ele, dizendo que eu não tenho nenhum compromisso, o que não é verdade? Então, eu não vou mentir, fiz e faço a política da franqueza. Na política não podemos ter meio termo, a gente tem de ter lado, custe o que custar, doa a quem doer. Não dá para ficar em cima do muro, tem de ter posicionamento. Você é daqui, nesse projeto ganhando ou perdendo, você tem que ter esse posicionamento e nós temos tratado isso de uma forma bem clara, apesar de sermos do mesmo partido, apesar de termos uma relação de amizade. O Márcio Miranda é médico, conheço toda carreira dele, foi da Polícia Militar, tem uma carreira até parecida com minha, pois fui médico do Exército e ele é médico e foi da Polícia Militar. Ele foi Deputado e eu também, a gente tem uma relação de amizade muito próxima. Mas, a questão é em cima de compromissos, quem chega primeiro bebe a água limpa, então, esse compromisso não estamos fazendo agora, tudo foi feito lá atrás com o ministro Helder. Eu não posso desfazer esse compromisso e se confirmar a candidatura do Márcio Miranda, mesmo sendo do mesmo partido, a gente não vai poder ajudá-lo. Não passa pela nossa cabeça sair do Democratas”, declarou o prefeito de Santarém.

● Aliás, observamos algumas mudanças no cenário político local. O vereador Henderson Pinto deixou o DEM e se filiou ao MDB para concorrer como Deputado Federal e o Hilton Aguiar se filiou ao DEM. Nélio Aguiar falou sobre esse assunto.

● “Como nós temos esse compromisso com o Helder Barbalho, ficaria muito ruim a candidatura do Henderson a Deputado Federal, porque ele precisa subir no palanque, e também precisa do palanque eletrônico dos programas de rádio e televisão. Seria um problema difícil para o Henderson ser candidato a Deputado Federal pelo DEM e ao mesmo tempo estar no palanque do Helder, que é do MDB. Então, como temos esse compromisso com o Helder, a melhor alternativa foi justamente ele pedir a desfiliação do DEM e se filiar no MDB. Não é o nosso caso, nem do Lira Maia, a gente não deseja sair do partido, mas vamos ver como acontece isso. A política é tão dinâmica e se chegar ao ponto de a gente estar incomodado por não ter apoiado o Márcio Miranda, vamos resolver lá na frente. Não temos problema com a política nacional, com a candidatura do Rodrigo Maia, que é do DEM e estamos fechados com ele. Nosso problema é a nível de Pará, com relação aos grupos políticos, as duas maiores forças do DEM no estado do Pará está no Oeste, liderada por nós e o Lira Maia, e a força do Márcio Miranda no Nordeste do Pará, liderada pelo próprio Márcio e pelo deputado Hélio Leite. Só que o Nordeste do Pará sempre teve fortes ligações com o PSDB, com Jatene e nós temos fortes ligações com o Helder. Então, o que aconteceu na eleição passada está se repetindo e a gente permaneceu no mesmo partido. Na eleição passada o Lira Maia foi vice do Helder, mas o Márcio e o Hélio não nos acompanharam porque eles não tinham possibilidades, pois os prefeitos e vereadores da base deles eram todos ligados ao governo Jatene. Nós compreendemos isso. Agora, vivemos a mesma situação, nós não temos condições de acompanhar um candidato apoiado pelo governador Jatene, em cima do compromisso que a gente tem desde aquela campanha de quatro anos atrás onde o Lira Maia foi vice do Helder. É até uma questão de coerência. Nós compreendemos a situação do Márcio Miranda e do Hélio Leite, e eu espero que os mesmos compreendam a situação que nos encontramos agora, que é um momento muito difícil. A gente precisa de muita união, precisamos de muita compressão, temos vários grupos políticos em Santarém, vivemos um ano de eleição, mas o momento é de dar força. Por exemplo, quem tem influência no Governo do Estado, que utilize dessa influência para ajudar o município de Santarém. Não adianta a gente só criticar, olhar a enxurrada, olhar a ponte; isso nós sabemos. Eu, como Prefeito sei muito mais ainda. A população que está nos bairros, no dia a dia, que sofre as consequências, é a que sabe mesmo. Agora, a situação não é só dizer o problema, e sim o que nós vamos fazer. Não adianta dizer: “Olha, tu estás com câncer, todo mundo diz que está com câncer, mas nós vamos fazer o quê? Uma radioterapia, quimioterapia ou cirurgia. O que vamos fazer?”. Santarém tem problemas de infraestrutura, precisa de pontes de concreto, precisa de pavimentação de ruas, precisa de recuperação, sim, nós sabemos disso, e quem vai nos ajudar, nós vamos até o Governador? Ele vai fazer um convênio com Santarém? Vai transferir de 10 milhões de reais para Santarém? Vamos até o Governo Federal? Ou seja, nós precisamos saber quem vai nos ajudar. Então, independente de partido, quem está cumprindo mandato de Governador, quem tem ligação mais forte ao Governo do Estado, que nos ajude a convencer o Governador a investir mais e ajudar Santarém”, finalizou Nélio Aguiar.(Por: Jefferson Miranda - Fonte: RG 15/O Impacto)

● NOVO TEMPO NA SEGURANÇA PÚBLICA DE ORIXIMINÁ – Após problemas de natureza interna na Polícia Civil em Oriximiná, imediatamente o Prefeito Ludugero Tavares, que é a autoridade máxima do município, recebeu com muito otimismo o plano de ação da segurança pública do Estado, Oriximiná tem agora um novo delegado de polícia e investigadores para fortalecer o trabalho da segurança e por fim, dar mais tranquilidade para o povo oriximinaense.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

● Neste sábado o Tsunami Esporte Clube de Oriximiná enfrenta a Seleção do Clube dos 50, venha prestigiar!

● JOGO DA AMIZADE – TSUNAMI DE ORIXIMINÁ ENFRENTA A SELEÇÃO DO CLUBE DOS 50 – Acontece nesse sábado (14) no Campo Oficial do Clube dos 50 em Santarém, no Mararu, o jogo da amizade entre Tsunami Esporte Clube do município de Oriximiná e a Seleção do Clube dos 50 – A partida está marcada para começar as 17h, após o jogo haverá uma confraternização entre os peladeiros de Santarém e de Oriximiná e o público presente – Não deixe de prestigiar esse jogo da amizade, o futebol, une, celebra e educa, não perca! O Tsunami tem o apoio do vereador Ludugero Junior que sempre incentivou o esporte em Oriximiná.

● Parece que caiu a ficha do ex-procurador geral da república - O alvo era mesmo o Luladrão, assim é ralado!

● JANOT: ‘DIFÍCIL DE ENGOLIR’ ALCKMIN FORA DA LAVA JATO - O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot escreveu no Twitter que acha “tecnicamente difícil de engolir” que a investigação contra Geraldo Alckmin tenha ido para a Justiça Eleitoral. Com a decisão da ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o pré-candidato à Presidência ficou livre da Lava Jato, depois de perder o foro privilegiado ao deixar o cargo de governador de São Paulo. (Estadão)