Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

● Dias corridos, carros, pessoas indo em busca do tempo perdido, os tropeços do dia a dia, fico triste, depois olho para o horizonte, levanto a cabeça e sigo em frente, a vida não está fácil pra ninguém - Bom, isso são coisas superadas, hoje é sexta-feira, dia de Bar Mascote!


● DEU PISSICA COXINHA - O MPF encaminhou à Justiça, 27 denúncias contra fraudadores da Lei Rouanet, não tem nenhum Chico Buarque e nenhuma Daniella Mercury na ingrisilha...

● MPF OFERECE 27 DENÚNCIAS À JUSTIÇA POR FRAUDES NA LEI ROUANET - O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo encaminhou à Justiça 27 denúncias na Operação Boca Livre, que investigava um esquema de desvio de recursos públicos de isenção fiscal para patrocínio cultural pela Lei Rouanet. Segundo o MPF, os recursos deduzidos de impostos de grandes empresas patrocinadoras, em vez de se destinarem a finalidades culturais, foram aplicados fraudulentamente pelo grupo Bellini Cultural em eventos e publicações corporativas privadas. O dinheiro desviado chegou a ser usado até mesmo no pagamento de gastos com o casamento de um dos filhos do dono do grupo. De acordo com o Ministério Público, as irregularidades eram praticadas com o conhecimento e a concordância das companhias envolvidas. As fraudes dividiam-se em cinco modalidades: superfaturamento, elaboração de serviços e produtos fictícios, duplicação de projetos, uso de terceiros como proponentes e contrapartidas ilícitas às empresas patrocinadoras. O dono da empresa e os filhos, os funcionários da empresa e os responsáveis pelos projetos em cada uma das empresas patrocinadoras envolvidas já tinham sido denunciados. Desta vez, foram denunciados os diretores de 27 empresas e instituições patrocinadoras. Eles são acusados dos crimes de estelionato contra a União e associação criminosa ou quadrilha ou bando. A Agência Brasil não conseguiu contato com o grupo Bellini Cultural. (Agência Brasil)

● COMIDA SIMPLES E GOSTOSA - O sobá é a estrela de festival gastronômico em Campo Grande (MS) - O tradicional macarrão japonês servido com caldo quente se transformou em ganha pão para uma família em Campo Grande (MS) e virou patrimônio cultural da cidade.

● Alô você doutor do Mais Médicos, hoje é o último dia para você se apresentar no juquirizal...

● MÉDICOS TÊM ATÉ HOJE PARA SE APRESENTAR AOS MUNICÍPIOS - Profissionais com registro no país que se inscreveram no Programa Mais Médicos têm até hoje (14) para se apresentar nos municípios escolhidos. O começo da atuação, de acordo com o Ministério da Saúde, deve ser estabelecido junto ao gestor local. Dados da pasta mostram que, até as 11h da última segunda-feira (10), 53% dos profissionais haviam comparecido ou iniciado as atividades nas localidades. O programa recebeu 36.490 inscrições, preenchendo 98,7% (8.411 profissionais alocados) das 8.517 vagas disponibilizadas no edital. Até o momento, estão abertas para as próximas etapas 106 vagas em 29 localidades. Na próxima segunda-feira (17), o ministério fará um balanço das vagas disponíveis, somando as desistências e as que não tiveram procura. Profissionais com registro no país terão nova chance para se inscrever e escolher os municípios disponíveis nos dias 18 e 19 de dezembro. O prazo para que candidatos ao Mais Médicos formados no exterior (sem registro no Brasil) apresentem a documentação também vence hoje. O ministério exige, ao todo, 17 documentos – entre eles, o reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os profissionais obtiveram a formação. A partir do próximo dia 20, brasileiros sem registro no país também poderão escolher vagas disponíveis no programa. Dias 11 a 14 – Profissionais formados no exterior enviam documentação para validação da inscrição. Dia 14 – Último dia para os profissionais com registro no país inscritos no primeiro edital se apresentarem nos municípios. Dia 17– Balanço das vagas disponíveis (soma desistências e não selecionadas). Dia 18 e 19 – Os profissionais com registro no país escolhem os municípios disponíveis. Dias 20 a 22 – Os médicos brasileiros formados no exterior e sem registro no país que tenham a inscrição previamente validada poderão escolher os municípios remanescentes. Dias 26 a 28 – Os estrangeiros formados no exterior e sem registro no país poderão escolher as vagas remanescentes. (Agência Brasil)


Quando você expõe e compartilha suas convicções, sua história de vida nas redes sociais, você deve ter a consciência de que vai ter pessoas que vão lhe criticar duramente...

● A FUTURA MINISTRA MISTUROU POLÍTICA COM RELIGIÃO, ESSA MISTURA É EXPLOSIVA - A questão da Ministra foi ela misturar política com religião, a Dra Damares Alves foi convocada para uma missão política, o Brasil é uma país laico, está na Constituição, não tem laços com uma religião, mas com todas as formas de crenças - Então a nova Ministra quando trata com o povo brasileiro ela mistura a sua posição religiosa com a responsabilidade dela como gestora pública, claro que o drama dela na infância foi muito grave e precisa ser respeitado, mas nesse momento, ela como Ministra (pessoa pública) ao se reportar ao povo brasileiro, deve se manter neutra nas suas convicções religiosas, isso é complicado, quando você expõe e compartilha suas convicções, sua história de vida nas redes sociais, você deve ter a consciência de que vai ter pessoas que vão lhe criticar duramente, por não entenderem o seu problema, ou porque o seu problema não interessa para elas, e nem tem que interessar, o povo vê a Damares como uma Ministra fazendo política, claro que muita gente vai lhe apoiar, mas nas redes sociais a maioria trata tudo na base do vandalismo, da chacota, por isso se você decidir relatar algo muito forte que lhe aconteceu na vida, dramas superados, ou assuntos pessoais, pense 10 vezes antes de fazer isso nas redes sociais, principalmente se você estiver envolvido na política, hoje a atividade política está desgraçada, odiada e muito arriscada.

● Começa hoje a programação de Natalina com desfile de Natal e a chegada do Papai Noel na Praça do Pescador – Prestigie, leve as crianças para visitar a casa do Bom Velhinho na Praça São Sebastião... Feliz Natal!


quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

● GOVERNO DO NEPOTISMO - Justiça decide sobre ação de 2015 do MP, contra o nepotismo no Governo Von e manda demitir a parentada toda.

● JUSTIÇA DETERMINA EXONERAÇÃO DE SERVIDORES MUNICIPAIS POR NEPOTISMO - Decisão foi proferida em ACP do ano de 2015 da promotoria de Santarém, e atinge servidores da prefeitura e Câmara de vereadores - A justiça julgou procedente o pedido da promotoria de Santarém em Ação Civil Pública do ano de 2015 e determinou ao município de Santarém e à Câmara de Vereadores que cumpram integralmente a Súmula Vinculante nº 13, que veda a prática de nepotismo. A decisão mandou exonerar no prazo de dez dias, todos os servidores que ocupam cargos de confiança e temporários que estejam enquadrados nas proibições. 
O Juízo da 6ª Vara Cível determinou ainda a exoneração do servidor Roosevelt José Sousa, citado na inicial.  A Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer com Tutela Antecipada foi ajuizada no ano de 2015, pela 9ª promotoria de Direitos Constitucionais de Santarém.  Em caso de descumprimento, estabelece multa diária no valor de R$ 10 mil, a cada nomeação irregular, que recairá sobre o patrimônio pessoal da autoridade nomeante. 
Em 2014, a partir de informações veiculadas na imprensa local, a promotoria instaurou procedimento administrativo para apurar casos de nepotismo no serviço público do município, e comprovou a violação da Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal, que veda nomeações de conjugue, parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, de servidor da mesma pessoa jurídica para o exercício de cargo de confiança, temporário ou função gratificada. 
O MPPA emitiu Recomendação à prefeitura e Câmara Municipal para que não nomeassem ou contratassem servidores enquadrados nos casos estabelecidos pela Súmula Vinculante nº 13 e que fossem exonerados os que estivessem nessa situação. Porém, não foi dada resposta quanto ao cumprimento. 
Foram verificados casos de “nepotismo cruzado”, caracterizado pelo “ajuste mediante negociações recíprocas”, quando dois agentes públicos de poderes distintos empregam familiares um do outro como troca de favores.  No caso, numa variante dessa modalidade, a ação identificou que parentes de vereadores da base aliada do governo foram contratados para as diversas secretarias municipais, além do nepotismo entre as secretarias. 
Na decisão, o magistrado entendeu que, quanto aos cargos temporários, “existe nepotismo, eis que burlam a regra do concurso e ainda são beneficiados por serem parentes das autoridades nomeantes.” Da mesma forma, os cargos em comissão. Porém, ressalta que pelos anos passados após o ingresso da ação, não há notícia nos autos se alguns dos agentes citados ainda exercem os cargos, por isso garantiu que a sentença tenha efeitos futuros. (Fonte: MP)

● A CADA DIA A COISA FICA MAIS CABELUDA - Ex-assessor de Flávio Bolsonaro recebia mesmo quando estava fora do país. Maior movimentação envolveu quatro pessoas ligadas ao gabinete de André Ceciliano (PT).


● Alô amigos da Infraero, a juquira se aproxima, eu avisei pra vocês - Bolsonaro vai acabar com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária.

● BOLSONARO ACABARÁ COM A INFRAERO EM ATÉ TRÊS ANOS, DIZ FUTURO MINISTRO - O governo de Jair Bolsonaro pretende conceder toda a rede de aeroportos do Brasil e, num prazo de aproximadamente três anos, acabar com a estatal que hoje administra a rede, a Infraero. O destino será a privatização ou a liquidação. “Vai acabar”, afirmou ao Estado o futuro ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Ele confirmou que o brigadeiro Hélio Paes de Barros será presidente da estatal e negou que o nome tenha sido imposição do grupo militar no entorno do futuro presidente. “Foi escolha minha”, disse. “Não teve pressão nenhuma”. O futuro ministro acrescentou que Paes de Barros, atual diretor da Agência Nacional de Aviação (Anac), foi escolhido justamente por estar afinado com os planos do governo para acelerar as concessões. “É um grande nome, que tem profundo conhecimento técnico na área e vai alinhar conosco o programa de concessões dos aeroportos”. O programa será reforçado com o deslocamento da economista Martha Seillier, hoje chefe da assessoria especial da Casa Civil da Presidência, para a diretoria da Infraero. Ela já foi diretora da área de regulação e concorrência da Secretaria de Aviação Civil e atuou na área de formulação de políticas para a aviação civil no Ministério da Defesa. Segundo Freitas, a ideia é realizar, em março, o leilão dos 12 aeroportos no Norte, Nordeste e Centro-oeste, cujo edital já foi elaborado no atual governo. Logo após o leilão, ele pretende anunciar uma nova rodada, com mais três blocos de aeroportos. E, quando o leilão desse estiver concluído, anunciará o sétimo e supostamente último lote de aeroportos a ser concedido para a iniciativa privada. Ainda há “joias da coroa” a serem leiloados. O aeroporto de Congonhas, em São Paulo, já chegou a figurar no programa de concessões, do qual foi retirado por pressões políticas e por uma indefinição sobre o que seria feito com a Infraero no futuro. No mesmo caso se encontra o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Ambos ainda estão sob administração da Infraero. O futuro governo, porém, não parece ter dúvidas que a estatal não deve continuar em mãos do governo, tal como chegou a ser estudado no governo de Michel Temer. Segundo o futuro ministro da Infraestrutura, a dúvida é se ela será privatizada como uma empresa de administração de aeroportos ou se, ao final do processo, será liquidada. A Infraero enfrenta problemas de caixa desde que se iniciou o programa de concessões de aeroportos, no governo de Dilma Rousseff (2011-2016). Terminais de grande movimento, como o de Guarulhos (SP), Brasília e Galeão (RJ) deixaram de integrar a base de aeroportos administrados pela estatal. Ela entrou como sócia em diversas dessas concessões, o que serviu para aprofundar seus problemas de caixa num primeiro momento. Essas participações da Infraero também deverão ser vendidas. Segundo Freitas, parte dos funcionários da estatal deve ser transferida para uma nova empresa de controle aéreo. Parte já vem sendo desligada num programa de demissão volunária bancado com recursos obtidos com as concessões. Na média, diz ele, perto de 1.000 funcionários têm sido desligados por ano. No início do processo, a Infraero tinha 12.000 empregados. Hoje tem 9.000. (Estadão Conteúdo)

● POLÍCIA PRENDENDO POLÍCIA - Doze policiais são presos em operação contra roubo de carga no RJ - Dos 14 mandados de prisão preventiva expedidos, 12 foram cumpridos contra PMs do 7º Batalhão, que fica em São Gonçalo - Grupo é suspeito de desviar 12 toneladas de carne.



● Terra Santa completa hoje 27 anos, nascendo para um novo amanhã - Todo trabalho que está sendo feito é por amor a esta terra acolhedora, de gente simples, mas cheia de esperança e fé – A cidade está sendo construída dia a dia, aos olhos do povo, com muito suor, muita batalha e muita dedicação - Cada pedacinho de asfalto, de parede construída, está contido o sonho do povo terrasantense por uma cidade melhor para se viver – Parabéns Terra Santa! A Princesinha Flor da Amazônia.


● Motorista guiando perigosamente na madrugada, avançou a preferencial e quase mata o pessoal de apoio da Azul em Santarém, o voo da companhia foi cancelado por causa do bonitão...

● VEÍCULO AVANÇA PREFERENCIAL E SE CHOCA COM VAN QUE TRANSPORTAVA TRIPULAÇÃO DA EMPRESA AZUL - O trânsito em Santarém continua perigoso, com vários acidentes diariamente. O mais recente aconteceu na madrugada desta quinta-feira, dia 13, envolvendo um veículo Saveiro e uma Van. Segundo informações, o veículo Saveiro era dirigido por Antonio Edinei Feitosa Ferreira, que estava trafegando pela Travessa Frei Ambrósio e avançou a preferencial no cruzamento com a Avenida Rui Barbosa, bairro de Fátima, atingindo a Van que estava transportando a tripulação da empresa aérea Azul, que estava a caminho do aeroporto. O choque foi bastante violento, que a Van capotou, deixando os passageiros com ferimentos leves, que foram socorridos e levados para o PSM. Segundo informações do delegado Vicente Ferreira, que estava de plantão na Seccional de Polícia Civil, o acidente aconteceu por volta de 2:30 horas da madrugada. O motorista causador do acidente, Edinei Ferreira, apresentava sintomas alcoólicos e foi levado para a Seccional de Polícia, onde prestou depoimento acompanhado de seu advogado. Foi feita uma fiança de 5 salários mínimos, que deve ser paga pelo motorista para responder em liberdade. Os passageiros da Van foram levados para o PSM onde receberem atendimento médico. Devido o acidente, o vôo da empresa Azul foi cancelado. (Fonte: RG 15/O Impacto)

● Parabéns a administração do Prefeito Ludugero Tavares - Oriximiná é o 2° município mais transparente do Brasil.

● CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO (CGU) COMPROVA QUE ORIXIMINÁ É O 2° MUNICÍPIO MAIS TRANSPARENTE DO BRASIL - No ranking Brasil Transparente (EBT), divulgado nesta quarta-feira (12) no Portal do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). Entre os 665 municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes, Oriximiná (PA), cidade do Baixo Amazonas paraense, é a 2ª mais transparente do Brasil, atrás apenas do município de Serra (ES) - Para a análise, a CGU mapeou como governos estaduais e municipais publicam na internet os dados sobre receitas e despesas, licitações e contratos, estrutura administrativa, obras públicas, lista de servidores, entre outros, além de verificar a regulamentação da Lei de Acesso à Informação (LAI)(Com informações de A Crítica) – Veja aqui o ranking ▼

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

● A titular da Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente, fala de como se deu a prisão de Eder Sandro Campos Siqueira, 37 anos, Diácono da Igreja Assembleia de Deus em Santarém PA - Ele foi preso pela delegada Mila Moura e sua equipe acusado de estuprar as duas filhas.

● É HOJE – Nesta quarta (12) na Praça central da Matriz de Santo Antônio em Oriximiná, acontece o Alto de Natal “O Nascimento do Menino Jesus” – às 19:30h, chegue cedo para a sua comodidade, vá prestigiar a arte teatral.


● A VOLTA DO GONGA - Em Oriximiná, ex-prefeito que parecia tuíra, voltou a articular e elege o presidente da Câmara Municipal.

● EM ORIXIMINÁ NUMA JOGADA DE MESTRE, O EX-PREFEITO ‘GONGA’ ELEGE O COMANDO DA CASA DO POVO – O Blog recebeu informações de fontes seguras de que o ex-prefeito Luiz Gonzaga, o popular “Gonga”, deu um rabo de arraia nas forças políticas locais e elegeu o seu batalhão para presidir a Câmara Municipal até 2020, nossa fonte garante que Gonga se prepara para um embate da prova dos nove, contra o grupo dos Ferrari que se fortaleceu muito nesta eleição – O prefeito Ludugero Tavares tentou se articular, mais acabou recuando, porque o ex-prefeito é parceiro, e dizem os pitius linguarudos, que o Gonga é quem de fato governa a cidade, há um pacto pirento que rege a amizade forte entre o Capitão e o Gonga - O informante garante que Ludugero não vem em 2020 e vai abrir mão para o Gonga peitar o Gutinelo que agora virou deputado estadual, e a valentia aumentou 200% diz a rádio cipó - Os vereadores Joanyr Estumando é o presidente seu vice é o Marcelo Sarubbi eleitos, para o biênio 2018/2020.


● Polícia investiga ataque que deixou quatro mortos na Catedral de Campinas, SP - O ataque aconteceu no começo da tarde de terça (11). O atirador fez cerca de 20 disparos contra os fiéis e depois se matou. Outras quatro pessoas ficaram feridas. Uma câmera de segurança registrou o momento do ataque.


● INGRISILHOU - Parte dos depósitos feitos na conta do motorista do filho do Bolsonaro, foram no dia do pagamento dos servidores da Alerj...

● DEPÓSITOS A EX-MOTORISTA DE FLÁVIO ERAM PRÓXIMOS AO DIA DE PAGAMENTO DA ALERJ - Mais da metade dos depósitos em espécie recebidos por Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL), filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, aconteceram no dia do pagamento dos funcionários da Assembleia Legislativa do Rio ou até três dias úteis depois. Uma análise do relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que apontou movimentações atípicas em contas de assessores e ex-servidores do legislativo, mostra que 34 das 59 operações financeiras seguiram a mesmo padrão. O restante ocorreu em até uma semana. O Estado identificou que 15 depósitos em espécie na conta de Queiroz ocorreram nos mesmos dias de pagamento dos servidores da Alerj em 2016. Essas datas variaram a cada mês, por causa da crise do Rio, que levou a atraso nos salários, mas foram mapeadas através do cruzamento do relatório do Coaf com o cronograma de pagamentos da assembleia fluminense. Outros 19 depósitos na conta de Queiroz ocorreram em até três dias úteis após os funcionários receberem seus vencimentos. Os valores depositados mensalmente também se repetem ou são aproximados. Investigadores analisam se há padrão nas ações, em valores ou periodicidade. O jornal Folha de S. Paulo mostrou nesta terça-feira que logo após receber os valores, Queiroz realizou saques em espécie em quantias aproximadas às que haviam entrado em sua conta. A coincidência de datas ocorre logo nos primeiros depósitos feitos em 2016. Em 12 de janeiro, dia de pagamento na Alerj, por exemplo, o então assessor recebeu três depósitos em espécie, nos valores de R$ 4.400, R$ 5.566 e R$ R$1.771. Outra sequência é vista em 14 e 15 de abril, dia de pagamento na Alerj. No primeiro dia, Queiroz recebeu um depósito de R$ 7.400. No seguinte, foram feitos outros dois depósitos, de R$ 1.771 e R$ 4.300, na sua conta. Em maio de 2016, os funcionários da Alerj receberam no dia 11. Nessa data, Queiroz ganhou três depósitos, novamente no valor de R$ 1.771, outro de R$ 3.071 e um último de R$ 1.000. Um dia depois, em 12 de maio, foi feito na conta outro depósito, de R$ 6.300, e no dia 16 caiu o último valor do mês, de R$ 1.160. Os padrões se repetem em junho e em novembro. O relatório, no entanto, não diz quem realizou os depósitos. No relatório preliminar da operação Furna da Onça, a delegada Xênia Ribeiro Soares chegou a citar a suposta existência de esquema de funcionários fantasmas e auxílio alimentação que seriam repassados pelos servidores dos gabinetes aos deputados. De acordo com a delegada, o procedimento foi mapeado no gabinete do deputado estadual Paulo Melo, preso pela operação, mas já foi “identificada em outros gabinetes e que se afigura como uma prática criminosa disseminada na Alerj”. “As informações apresentadas são de máxima gravidade e demandam uma enérgica resposta da Justiça”, diz o texto. O ex-motorista deve depor na semana que vem no Ministério Público do Rio, que investiga o caso. O Estado apurou que as transações entre funcionários do Legislativo estão entre os motivos que levaram os bancos a classificar as movimentações como atípicas e a advertir o Coaf a seu respeito. O relatório indicou que pelo menos nove funcionários e ex-funcionários do gabinete de Flávio fizeram operações (depósitos ou recebimentos) na conta do ex-motorista e ex-segurança do deputado. Entre elas, estão as filhas de Queiroz, Nathalia e Evelyn Melo de Queiroz, e a sua mulher, Marcia Oliveira de Aguiar. O próprio Coaf, em seu relatório anexado à operação Furna da Onça, que investiga corrupção no Legislativo do Rio, classificou o fluxo financeiro como atípico. O dinheiro depositado na conta de Queiroz, às vezes, superava o valor do salário do então assessor. Houve casos nos quais a maior parte do que o funcionário recebeu foi parar na conta do então motorista e segurança de Flávio Bolsonaro. Em nota, a assessoria do senador eleito ressaltou que não é investigado “no assunto relacionado ao ex-assessor (Fabrício) Queiroz, visto que não praticou qualquer ilícito em sua atividade parlamentar”. O texto afirma ainda que o deputado “segue à disposição para prestar esclarecimentos às autoridades, se instado for” e “espera ver, dentro dos trâmites legais, a completa resolução do caso pelas autoridades competentes o mais rápido possível, pois é o principal interessado em que tudo se esclareça o quanto antes”. (Estadão Conteúdo)

● Ai meu santinho! O MP mandou o Secretário de Fazenda abrir a caixa preta do famoso cheque-moradia paraoara...

● MP QUER QUE SECRETÁRIO ABRA CAIXA-PRETA DO CHEQUE MORADIA - Pedido liminar solicita informações sobre distribuição do programa, que teria sido usado para cometer crime eleitoral. Mas Sefa ignora a lei - O Secretário de Fazenda do Estado, Nilo Emanoel Rendeiro de Noronha, deve ter de disponibilizar de imediato todas as informações requeridas sobre o programa Cheque Moradia e seus beneficiários. É o que pede o parecer do procurador de justiça Nelson Medrado, que acatou o pedido liminar do MDB feito em mandado de segurança com base na Lei de Acesso à Informação (nº 12.527/11). Esse parecer vai ser anexado ao processo e a ação será julgada pela desembargadora-relatora Ezilda Pastana Mutran do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-PA). (Fonte: DOL)

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

● O covarde Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, entrou na Igreja Metropolitana de Campinas, onde pessoas rezavam, acalmando suas almas, e covardemente atirou nos cristãos inocentes, matou 5 e feriu quatro, de posse de um revolver 38 e uma pistola – A polícia chegou no local e atingiu o satanás, ele para honrar a covardia dos covardes se matou.

● Nesta terça (11) se despedindo dos santarenos, o Bispo Don Flávio Giovenale falando para o repórter Alcindo Lima, o que ele gostaria dos santarenos - O Bispo que seguiu para Cruzeiro do Sul no Acre, deixou sua mensagem ao povo tapajônico... Valeu Dom Flávio!


● Tomando posse na presença de Sérgio Moro o novo Presidente do TCU, agradeceu a Lula, Moro e Guedes não bateram palmas, putitanga!

● NOVO PRESIDENTE DO TCU AGRADECE A LULA EM POSSE COM PRESENÇA DE SÉRGIO MORO - Em discurso de posse como presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro José Múcio Monteiro fez um agradecimento ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de quem foi ministro das Relações Institucionais entre 2007 e 2009. O petista está preso e condenado na Operação Lava Jato em Curitiba. No evento em Brasília, o ex-deputado federal por cinco mandatos falou para uma plateia em que estavam futuros ministros do governo Bolsonaro: Paulo Guedes, da Economia, Sérgio Moro, que assumirá a Justiça, Fernando Azevedo e Silva, da Defesa, e Wagner Rosário, que já chefia a CGU sob Michel Temer e seguirá no novo governo. Quando Múcio agradeceu a Lula, houve aplausos. Guedes e Moro, que o condenou à prisão, não aplaudiram. “Preciso agradecer ao povo de Pernambuco que me deu cinco mandatos e ao ex-presidente Lula que me fez ministro”, disse Múcio. A plateia teve a presença ainda dos presidentes da República, Michel Temer (MDB); do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE); da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); e do Supremo Tribunal Federal, José Dias Toffoli. O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), esteve sentado ao lado de Ana Arraes, que assume como vice do TCU, e José Múcio. Múcio ainda defendeu a união entre os três poderes e situou o tribunal como um órgão que deve ajudar a criar conexões e não apenas punir gestores. “Em todos os Poderes teremos em comum a esperança, a solidariedade e a vontade de fazer dar certo. O concerto harmônico entre os poderes torna-se mais necessário do que nunca. Equilíbrio e harmonia são essenciais”, disse Múcio, há nove anos no tribunal. Ele terá como vice a ministra Ana Arraes. “Não somos e nem queremos ser vistos apenas como o órgão julgador que aponta o erro do gestor e sanciona a conduta irregular ou ilegal”, disse José Múcio. “Temos observado também as boas práticas na gestão pública. Devemos enaltecer as condutas que merecem ser replicadas pelo país.” Múcio destacou a intenção de contribuir para as pautas prioritárias dos três poderes, evocando uma “agenda comum”. “Vamos atuar infraestrutura, desenvolvimento nacional, fomento a transparência, e prevenção da corrupção”, disse. (Estadão)

● TERRORISMO NO BRASIL - Testemunha afirma que dois atiradores participaram de ataque na Catedral de Campinas e mataram 5 pessoas.


● Uma tristeza, Escola Estadual pode fechar em Santarém - O IBGE revelou que 27,2% dos jovens do Pará, entre 15 e 29 anos, não estuda e não trabalha... Qual futuro teremos?

A ESCOLA APARECIDA, QUE JÁ VEM PRESTANDO SERVIÇOS EM EDUCAÇÃO HÁ QUASE SESSENTA ANOS CORRE O RISCO DE FECHAR -  Em 2014, perdeu o turno da tarde na gestão da diretora Vans Fernandes e , desde esta data não conseguirmos reabrir. Em 2016, o então diretor Dirce Amoedo veio pessoalmente fechar o segundo EJA noturno, ficando apenas funcionando três turmas (terceira e quarta etapas; primeiro e segundo EJA médio). Em 2016, o diretor César Gomes Portela consegui reofertar para a comunidade o segundo EJA.
Por conseguinte, receber várias premiações de honra ao mérito, dentre elas a de melhor primeiro ano do baixo Amazonas; 6° lugar no Enem e em 2017 ficou em terceiro lugar no IDEB (índice de desenvolvimento da educação básica), ficando atrás apenas da escola são Raimundo e Rodrigues dos Santos; pulou da colocação de 535° para 35°, focando dentre as melhores escolas do Estado.
Diante de tantas premiações ainda nos vemos no limiar de perder o turno da noite, como bem explícita no memorando em anexo da 5° URE (unidade regional de ensino), que tem como gestor o senhor José Normando. A perda desse turno significa o fechamento da escola Aparecida, pois diminuirá todos os tipos de verbas que poderão ser destinadas a este educandário.
Ficaremos apenas com o turno da manhã, ferindo de morte o direito das pessoas que moram nas imediações e não tiveram a oportunidade da concluir os estudos na idade certa. A LDB ( Lei de diretrizes e bases da educação-9394/96, garante tal direito; como também que seja mais próximo de sua casa ou que facilite a sua vida, como é o caso de alguns de nossos alunos, que saem dos seus trabalhos no centro da cidade e logo em seguida dirige-se-se até a escola, muitas vezes só com o almoço, tornando a merenda ofertada pela escola Aparecida a sua segunda refeição.
Com todo o respeito e consideração que temos a esse órgão representante da nossa comunidade, pedimos que venha ao nosso socorro, com a finalidade de impedir o fechamento do turno da noite. (Texto enviado pelo WhatsApp) - Veja aqui o DOC da Quinta URE 

● Jornal O Estado de São Paulo diz que a Polícia Federal pediu a prisão domiciliar do senador Aécio Neves, mas o STF negou.

● PF PEDIU PRISÃO DOMICILIAR PARA AÉCIO, CRISTIANE, PAULINHO E BENITO, MAS MARCO AURÉLIO NEGOU, DIZ SITE - De acordo com informações do Estadão, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, rejeitou o pedido feito pela Polícia Federal no âmbito da Operação Ross, deflagrada na manhã desta terça-feira, 11, para que fosse decretada a prisão domiciliar do senador Aécio Neves (PSDB-MG), de sua irmã, Andrea Neves, e dos deputados Cristiane Brasil (PTB-RJ), Paulinho da Força (Solidariedade-PR) e Benito Gama (PTB-PA). A PF havia pedido ainda a suspensão do exercício dos mandatos dos parlamentares, medida também rejeitada pelo ministro. A decisão de Marco Aurélio, datada de 4 de dezembro, consta de petição vinculada a um inquérito instaurado pelo ministro em 21 de junho de 2017 para dar continuidade às investigações dos crimes de corrupção e de lavagem de dinheiro, supostamente cometidos por Aécio. O pedido de prisão domiciliar feito pela PF, na avaliação de Marco Aurélio, é uma impropriedade. “Relativamente ao investigado Aécio Neves da Cunha, não há dados concretos, individualizados, a demonstrarem a indispensabilidade das medidas pretendidas. Descabe partir-se da capacidade intuitiva, olvidando-se que a presunção é de postura digna, ante o fato de o investigado estar submetido aos holofotes da Justiça”, escreveu. Ao rejeitar o pedido feito pela PF em relação a Cristiane Brasil, Benito Gama e Paulinho da Força, Marco Aurélio citou o julgamento da ação direta de inconstitucionalidade na qual o ministro Alexandre de Moraes concluiu que a imposição de medidas cautelares a parlamentares “está situada no âmbito da excepcionalidade maior”. O ministro argumentou ainda que as medidas não poderiam ser atendidas porque os parlamentares não são formalmente investigados no inquérito a que a petição está vinculada. A Procuradoria-Geral da República também era contra a solicitação da PF, por entender que, embora os fatos apurados sejam graves, não foram colhidos elementos concretos que justificassem a concessão da prisão domiciliar. A PF pediu ainda que fossem recolhidos os passaportes de Aécio, Cristiane Brasil, Benito Gama, Paulinho da Força, Pacheco de Medeiros e Andréa Neves e que os investigados não se deixassem o País. A solicitação foi rejeitada pelo ministro. Em sua decisão, em relação ao senador, escreveu que não há elementos que contribuam para uma eventual possibilidade de Aécio deixar o País. “O investigado é brasileiro nato, chefe de família, deputado federal por quatro vezes, ex-presidente da Câmara dos Deputados, governador de Minas Gerais em dois mandatos consecutivos, o segundo colocado nas eleições à Presidência da República de 2014 – e está no cargo de senador da República”, escreveu Marco Aurélio. Em relação aos pedidos envolvendo Frederico Pacheco de Medeiros e Andrea Neves, que não são investigados no inquérito ao qual a petição em análise está vinculada, o ministro destacou que os dois não podem ser julgados perante o Supremo por não possuírem foro, “mostrando-se descabida a adoção das medidas pretendidas”. “Paga-se um preço por viver em um Estado de Direito. É módico e está, por isso mesmo, ao alcance de to respeito irrestrito às regras estabelecidas.” (Estadão)

● O Blog recebeu o convite da Câmara Municipal de Santarém para participar da Sessão Especial de encerramento dos trabalhos do Poder Legislativo no ano de 2018 – A sessão está marcada para esta quarta-feira (12) às 15h no plenário oficial da Casa do Povo, estaremos lá para participar, este ano a Câmara passou por uma crise grave, esperamos que em 2019 seja um novo ano, um outro memento de muitas expectativas positivas para o nosso povo.


● Por que o Ministro do Ambiente não é um caboclo da Amazônia né? Tão roubando tudo da gente e ninguém faz nada, putitanga!

● TEM 2.500 GARIMPOS CLANDESTINOS NA AMAZÔNIA A REGIÃO DO TAPAJÓS TÁ EMPESTADA - Um mapa divulgado ontem pela Rede Amazônica de Informação Socioambiental revela que existem mais de 2.500 garimpos clandestinos na Amazônia, sendo um quinto deles em território brasileiro, principalmente nos territórios indígenas. O mapa foi produzido por uma rede de organizações ambientais e não governamentais de seis países amazônicos: Brasil, Bolívia, Colômbia, Peru, Equador e Venezuela. No Brasil, participaram do estudo o Imazon e o Instituto Socioambiental (ISA). Foram compiladas imagens de satélites e notícias, entre outros dados. O mapa identificou 2.312 pontos e 245 áreas – cuja extensão é determinada por meio de sensoriamento remoto – de extração ou garimpo de ouro e outros minerais. A Venezuela é o país onde a situação é mais grave, com 1.899 garimpos ilegais. O Brasil é o 2º do ranking, com 453, sendo 321 pontos, e 132 áreas. No Brasil, a região do rio Tapajós é uma das mais afetadas, assim como o território yanomami, que se estende até a Venezuela. Há também indicações de contaminação por mercúrio na comunidade yanomami de Aracaçá, na região de Waikás. (DOL)

● Senador cutuca o Blog para dizer que não deve nada a ninguém, que está limpeza com a Justiça eleitoral e que foi diplomado político honesto pela Corte Suprema na roubalheira do Mensalão.

● SENADOR PAULO ROCHA PT AFIRMA QUE NÃO DEVE PROPAGANDA NENHUMA DE SUA CAMPANHA - O senador Paulo Rocha, do Partido dos Trabalhadores, informa por sua assessoria que não reconhece dívida com profissionais que fizeram a sua campanha, mesmo porque não os contratou diretamente. As empresas contratadas foram a Amazon Filmes, de Belém, e a Hi-Neo Comunicação, de São Paulo. Conforme consta na prestação de contas remetida ao TRE, o valor contratado com essas empresas foi totalmente quitado. (Paulo Rocha Senador PT-PA)

● Sinceramente não vi maldade nenhuma na delegada da Polícia Civil Maria Agda Leite que dentro da delegacia, na cidade de Chaves, na Ilha do Marajó, gravou um vídeo num momento de descontração dançando um funk – Em Santarém um funcionário da Câmara Municipal foi condenado pelo tribunal do Facebook, porque postaram um vídeo dele dançando num gabinete de um vereador - O vídeo foi publicado no stories do Instagram, gravado durante um momento classificado pela própria delegada como “ociosidade”. Veja▼

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

● Nesta segunda (10) o TSE diplomou Jair Bolsonaro presidente do Brasil e como vice Hamilton Mourão - Ele disse no TSE, que será o presidente dos 210 milhões de brasileiros sem distinção.

● Putitanga! Ministro de Bolsonaro quase fica sem assistir a cerimonia de diplomação...

● PUTITANGA! PAULO GUEDES ERRA O LOCAL DA DIPLOMAÇÃO, ALÉM DE ESQUECER O CONVITE - O futuro ministro mais importante de Bolsonaro, o Posto Ipiranga Paulo Guedes, foi para a cerimônia de diplomação de Bolsonaro no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), ao chegar lá os jornalistas disseram pra ele que a cerimônia seria no TSE - Ele entrou no carro e dobrou de volta, chegando no TSE, pediram o convite dele, ele não tinha, teve que retornar ao CCBB para apanhar o convite e aí sim pode entrar e assistir a diplomação, putitanga!

● Bolsonaro passa de candidato eleito para presidente diplomado - 700 pessoas foram convidadas pelo TSE.

● BOLSONARO E MOURÃO SÃO DIPLOMADOS NO TSE - O presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi diplomado, por volta das 16h30, de hoje (10), em solenidade no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), assim como o vice Hamilton Mourão. A diplomação é o ato formal de confirmação de que os candidatos cumpriram todos os requisitos para exercer o mandato e poderão tomar posse. Os diplomas são assinados pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber. No documento constam nome do candidato, o partido ou a coligação pela qual concorreu e o cargo para o qual foi eleito. Bolsonaro e Mourão foram levados à sessão pelos ministros do TSE Luís Roberto Barroso e Tarcísio Vieira de Carvalho Neto. Foram saudados com aplausos pelos presentes. Em seguida, a Banda dos Fuzileiros Navais executou o Hino Nacional. Bolsonaro acompanhou o Hino com a mão no peito. O TSE enviou cerca de 700 convites para a solenidade. Entre os presentes, o ministro Luiz Fux, representando o Supremo Tribunal Federal, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), a procuradora-geral eleitoral, Rachel Dodge, e o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Carlos Lamachia. (Agência Brasil)

● Ex-juiz Moro, super ministro de Bolsonaro,defende que o caso do motorista milionário precisa se investigado.

● MORO DEFENDE INVESTIGAÇÃO SOBRE R$ 1,2 MI NA CONTA DE EX-ASSESSOR DE FLÁVIO BOLSONARO - O ex-juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, futuro superministro da Justiça do Governo Bolsonaro, se manifestou pela primeira vez nesta segunda-feira, 10, sobre o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apontou movimentação atípica de R$ 1,2 milhão em uma conta do ex-policial militar Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) – filho mais velho do presidente eleito – entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. O Estado revelou o caso no dia 6. Moro sugeriu, ao Estado, uma investigação sobre o caso. “Sobre o relatório do Coaf sobre movimentação financeira atípica do sr. Queiroz, o sr. presidente eleito já esclareceu a parte que lhe cabe no episódio. O restante dos fatos deve ser esclarecido pelas demais pessoas envolvidas, especialmente o ex assessor, ou por apuração.” Neste domingo, 9, Bolsonaro afirmou que Fabrício Queiroz, ex-motorista de seu filho Flávio, é quem dará as explicações sobre os depósitos que foram feitos em sua conta. Disse, ainda, que não conversou com o ex-assessor do filho sobre o caso. Fabrício José Carlos de Queiroz foi exonerado do gabinete de Flávio Bolsonaro no dia 15 de outubro. Registrado como ‘assessor parlamentar’, Queiroz é também policial militar e, além de motorista, atuava como segurança do deputado. O Coaf informou que foi comunicado das movimentações de Queiroz pelo banco porque elas são “incompatíveis com o patrimônio, a atividade econômica ou ocupação profissional e a capacidade financeira” do ex-assessor parlamentar. O relatório também cita que foram encontradas na conta transações envolvendo dinheiro em espécie, embora Queiroz exercesse uma atividade cuja “característica é a utilização de outros instrumentos de transferência de recurso”. Uma das transações na conta de Queiroz citadas no relatório do Coaf é um cheque de R$ 24 mil destinado à futura primeira-dama Michelle Bolsonaro. A compensação do cheque em favor da mulher do presidente eleito Jair Bolsonaro aparece na lista sobre valores pagos pelo PM. “Dentre eles constam como favorecidos a ex-secretária parlamentar e atual esposa de pessoa com foro por prerrogativa de função – Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro, no valor de R$ 24 mil”, diz o documento do Coaf. Na sexta-feira, 7, ao site O Antagonista, Bolsonaro confirmou uma justificativa que vinha sendo difundida reservadamente ao longo do dia por seus auxiliares próximos. O repasse, disse o presidente eleito, se refere a uma parcela do pagamento de um débito antigo de Fabrício Queiroz com ele. “Emprestei dinheiro para ele em outras oportunidades. Nessa última agora, ele estava com um problema financeiro e uma dívida que ele tinha comigo se acumulou. Não foram R$ 24 mil, foram R$ 40 mil. Se o Coaf quiser retroagir um pouquinho mais, vai chegar nos R$ 40 mil”, disse Bolsonaro ao site. Também na sexta, Flávio Bolsonaro saiu em defesa de Queiroz. O senador eleitor disse que o ex-assessor lhe apresentou “uma explicação plausível” para a movimentação de R$ 1,2 milhão em um ano. Flávio Bolsonaro se recusou três vezes, porém, a revelar a versão apresentada pelo ex-assessor sob a justificativa de que estava atendendo a um pedido do advogado de Queiroz. “Assim que ele for chamado ao Ministério Público, vai dar o devido esclarecimento.” Flávio disse ainda concordar que a quantia movimentada pelo ex-assessor em um ano “é muito dinheiro”. “O acusado é ele (Queiroz), não eu”, ponderou. “A versão que ele coloca é bastante plausível, mas não sou eu que tenho de ser convencido, é o Ministério Público.” Auxiliares afirmam que Jair Bolsonaro conheceu Fabrício Queiroz em 1984. Os dois integravam a mesma turma de um curso no 8º Grupo de Artilharia de Campanha Paraquedista. (Estadão)

● Nesta manhã de segunda (10) o prefeito de Santarém Nélio Aguiar participou da Sessão Especial na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) sobre o preço absurdo da tarifa de energia elétrica cobrado pela Celpa no Estado – O povo está no limite e a qualquer momento pode haver conflito entre a população e a empresa fornecedora de energia.

● Nesta segunda (10) Bolsonaro em meio ao escândalo do 'bolsogate' deve ser diplomado pela Justiça Eleitoral.

● BOLSONARO DECOLA PARA BRASÍLIA, ONDE SERÁ DIPLOMADO PELO TSE À TARDE - O presidente eleito, Jair Bolsonaro, decolou por volta das 10h30 desta segunda-feira, 10, da Base Aérea do Galeão em direção a Brasília. Ele embarcou na aeronave acompanhado do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, da mulher, Michelle Bolsonaro, do filho Carlos Bolsonaro e da filha Laura, entre outros assessores e familiares. Às 16h, Bolsonaro participa da cerimônia de diplomação, ao lado do vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). (Estadão)

● Parte dos Jovens do Pará não fazem nadica de nada, é a geração 'nem-nem' putitanga!

● IBEGE: PARTE DA JUVENTUDE PARAENSE ESTÁ NA CATEGORIA “NEM-NEM” PUTITANGA! A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) do IBGE, divulgada na semana passada, revelou que 27,2% dos jovens do Pará, entre 15 e 29 anos, fazem parte da chamada geração ‘nem-nem’, que não estuda e não trabalha. Esse percentual aumenta na fase mais decisiva da vida dessas pessoas, entre 18 e 24 anos, quando normalmente estão fazendo algum estágio ou trabalhando de fato. Mas 30,2% não estão na escola ou faculdade e sequer ocupados no mercado de trabalho. (Dol)

sábado, 8 de dezembro de 2018

● Vamos portando com os clássicos da poesia brasileira – Apresentamos Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, a vovó Cora Coralina, poetisa modernista brasileira, nascida em Goiás, Cora é conhecida como a "escritora das coisas simples". Além de poemas, escreveu contos e obras de literatura infantil. Sua poesia tem como grande característica os temas cotidianos.


● CASO COAF - O ‘marvado’ dos bolsominions fuçou mais um tiquinho e descobriu que sete servidores abasteceram a conta bancária do motorista milionário – Bolsonaro disse que que ele devia R$ 40 mil e por isso depositou R$ 24 na conta da esposa dele - Veja a matéria do Jorna da Globo.


Hoje em dia, a maioria das “tribos remanescentes”, nascem em círculos intelectuais muito discretos, pequenos, em salas refrigeradas de órgãos públicos, idealizados por servidores muito bem pagos pelo erário público...

“Faça as pessoas dependerem de você. Ganha-se mais com essa dependência do que cortejando-as. Quem já saciou a sua sede, dá logo as costas para a fonte, não precisando mais dela. Não havendo dependência, desaparece também a civilidade e a decência, e depois o respeito. A primeira coisa que se aprende com a experiência é manter viva a esperança, porém nunca satisfeita, manter até um patrono real sempre precisando de você.” (Baltasar Gracían, 1601-1658)
A frase de Baltasar Gracían, se encaixa perfeitamente em nossa realidade de dependência e subserviência à interesses “ocultos”, onde, mantêm-se não só pessoas em uma espécie de dependência financeira, mas, sim, uma região inteira.
Santarém, apesar de ser rica – em terras agricultáveis, áreas para indústrias, comércio, serviços, turismo, áreas portuárias, localização geográfica estratégica que viabiliza a importação e exportação de produtos em diversos segmentos, além dos mais variados modais de transporte, tornando nossa região estratégica não só para nosso Estado, mas, sim, para o Brasil -, permanece engessada, presa em um círculo vicioso de dependência, onde tudo e todos tem ingerência nas decisões importantes que projetam nosso futuro, menos os que realmente deveriam ter: sua população.
Ademais, a grande maioria da população e boa parte das instituições que deveriam zelar pelo bem “de todos”, “dormem”, e não cumprem uma das funções basilares de nossa constituição, que diz: “somos todos iguais perante a lei”.
Entretanto, também, nos falta vontade política e maturidade intelectual na maioria da população, para entender o que realmente está acontecendo, e assim livrar-se das amarras de ONGs internacionais que agem em conluio à agentes públicos militantes ideológicos e indivíduos que usam injustamente o manto da igreja católica para propagar sua militância, fazendo com que uma minoria de “abastados institucionais”, sejam “mais iguais” que outros.
No entanto, a eleição do novo governo federal – e a ascensão de nomeações e tratados técnicos que vão no sentido oposto à tudo o que estava sendo imposto de cima para baixo -, deu identidade à uma “oposição dispersa e adormecida”, frente ao ambientalismo exacerbado que há décadas prejudicaram nossa região.
Pois a turma da clorofila ignora a geração de riquezas como base de sustentação de uma sociedade, tornando-se ponto de partida para a liberdade interpretativa por meio da qual dá vazão a seu ativismo criativo ideológico.
Exemplo disso é quando rejeitamos o que países desenvolvidos inventam de bom: liberdade, mercado, mérito, respeito à constituição e a soberania nacional; e aceitamos o que nos impõe de ruim: politicamente correto, ambientalismo exacerbado e ideológico, desrespeito à soberania de nossa região e miséria para a grande maioria da população.
Entretanto, as pessoas menos intelectualizadas, que só vêem o panorama estratégico de um palmo à frente do nariz, e cuja consciência econômica histórica é do último final de semana, “acham lindo” inviabilizar economicamente toda uma região pelo falso pretexto da manutenção de povos tradicionais. Um verdadeiro exemplo de preocupação com a grande maioria da população mais pobre que não faz parte desta casta privilegiada que são os povos tradicionais.
Hoje em dia, a maioria das “tribos remanescentes”, nascem em círculos intelectuais muito discretos, pequenos, em salas refrigeradas de órgãos públicos, idealizados por servidores muito bem pagos pelo erário público (leia dinheiro do contribuinte) para agirem contra os interesses da soberania de estados e municípios, ou seja, vão na contramão dos interesses daqueles que “obrigatoriamente” pagam seus vultuosos salários.
Essa turma pratica autofagia. Eles leem suas próprias teorias etnicizantes forjadas e acreditam. Uma verdadeira corrupção moral e ética, contra a própria população que tanto dizem defender. As ações desses “bonzinhos ambientalistas”, servem apenas para acalentar seus corações e fornecer uma sensação de superioridade moral imerecida, garantindo assim a “dependência” de seus “pobres de estimação”.
A ideologização e doutrinação no meio indigenista ganhou tanta dimensão que não há mais como negá-las. A CPI do INCRA/FUNAI que revelou registros de laudos antropológicos fraudados, antropólogos militantes de ONGs internacionais, estatização planejada de áreas produtivas e ricas em minerais preciosos e biodiversidade, além do próprio uso descarado dessa prática como forma de inibir novos investimentos privados, revelam a face obscura dessa prática.
E aqui não é diferente! Fraudes ideológicas e etnicizantes se avolumam, e a tentativa frustrada de invasão da área Cachoeira da Cavada por índios “made in Ceará”, nos mostra que não há a menor dúvida de que algo precisa ser feito urgentemente.
No entanto, por enquanto, os que precisam de direito, dormem, e, infelizmente, o direito não os socorre... (fonte:RG 15/O Impacto)